6 dicas para escolher o tamanho ideal de cortina

Saber a altura e a largura da cortina não é suficiente para fazer a escolha certa. Confira como não errar:

Por Redação Atualizado em 26 abr 2022, 16h06 - Publicado em 28 abr 2022, 13h00
Cortina transparente em quarto
Egor Myznik/Casa.com.br

Para muitos, medir a altura e a largura da janela e levar essa numeração adiante é o suficiente para escolher a cortina perfeita. Mas não é somente isso!

Percebendo a dificuldade de seus consumidores na hora de saber o tamanho ideal da cortina, a Bella Janela elencou 6 principais dicas para descomplicar esse momento. Confira:

1. Tamanho da cortina

janela com cortina e brilho
Shashi Chaturvedula/Unsplash

O ideal é que a largura da cortina seja duas vezes o tamanho do varão para, assim, ter uma peça com franzimento e gomos definidos. Por exemplo, se a largura do varão for de 1,5 metros, o correto é adquirir uma cortina com 3 metros.

2. Varão

O varão também é um fator importante! Para vedar a luz corretamente, ele deve passar 20 centímetros de cada lado da janela – ou seja, ser 40 centímetros mais largo do que ela.

3. Bloqueio de luz

Cortina transparente
Mitchell Luo/Casa.com.br

É importante também se atentar a porcentagem de bloqueio de luz de cada modelo de cortina, verificando se está de acordo com sua necessidade para o ambiente. Geralmente, essa indicação fica na embalagem.

Continua após a publicidade

4. Medida x consumo

Ao comprar uma cortina pronta, não esqueça que a medida e o consumo são informações diferentes. A medida é o tamanho que a cortina terá após ser instalada e o consumo é o tamanho da cortina esticada, antes da instalação.

5. Altura da cortina

Cortina longa do chão ao teto
Reprodução/Pinterest

Caso o ambiente onde a cortina for instalada seja alto, coloque o varão entre o teto e a parte superior da janela. Ou, se preferir, você pode utilizar a cortina do chão ao teto.

Se o ambiente for mais baixo, procure instalar pelo menos 20 cm acima da janela, sempre centralizando o varão. As cortinas longas são mais elegantes, porém, a decisão de encostarem ou não no chão é pessoal.

6. Leve toque

Cortina cinza
Deconovo/Unsplash

Caso você opte por deixá-la encostar no chão, é bom se atentar para que ela não prejudique a circulação e não acumule sujeira. O ideal é que toquem levemente o piso.

“Levar em consideração essas 6 dicas auxilia a escolher o tamanho e consequentemente o modelo correto de cortina para o ambiente, deixando o local mais elegante, aconchegante, alegre e funcional”, conclui Tatiana Hoffmann, gerente de produtos da Bella Janela.

Continua após a publicidade

Publicidade