7 objetos e móveis (inusitados) iluminados por LEDs

Mesa interativa, luminária “camaleoa” e até balanços: o LED pode estar onde você menos imagina

Por Da redação Atualizado em 14 set 2018, 10h49 - Publicado em 28 jul 2015, 00h54
oferecimento_brilha

Os objetos e móveis que você verá a seguir têm uma coisa em comum: foram iluminados com LED. Além disso, fogem do convencional e mostram que a combinação entre tecnologia, design e iluminação pode dar muito certo.

 

Continua após a publicidade

01-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

1. Mesa interativa com iluminação em LED: imagine apoiar um copo na mesa de centro e, automaticamente, várias lâmpadas acenderem em volta do objeto. É assim que funciona o móvel criado pelas empresas Because We Can e Evil Mad Science. Sensores captam os movimentos feitos sobre a superfície da mesa e, em resposta, acendem pequenos LEDs.

 

Continua após a publicidade

02-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

2. Luminária que muda de cor e toca música: som + iluminação + design. Essa equação pode ser usada para definir a luminária criada pelo Richard Clarkson Studio, de Nova York. Unindo a tecnologia Bluetooth com as possibilidades do LED, a empresa desenvolveu uma pequena nuvem, batizada de Tiny, que acende as luzes e muda de cor conforme a batida tocada pelas caixas de som localizadas dentro do objeto. A melodia é escolhida pelo usuário, que pode selecionar playlists de sites como Spotify e Youtube para serem reproduzidas pela nuvenzinha.

 

Continua após a publicidade

03-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

3. Rolha de vinho transforma garrafas em luminárias: nada de jogar o vidro usado fora! Uma rolha conectada a uma pequena lâmpada LED transforma uma garrafa que iria para o lixo em uma descolada luminária. Desenhada por Steve Gates, a Bottle Light ilumina por três horas e pode ter a bateria recarregada através de um cabo USB.

 

Continua após a publicidade

04-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

4. Luminária “faça você mesmo” em formato de árvore: quem nunca quis criar sua própria peça de design? É isso que a dupla de designers Jason Krugman e Scott Leinweber propõe com a luminária Slyt. Ela é constituída por diversos “galhos” que podem ser montados das mais variadas formas. Fica a critério do usuário criar a árvore que quiser!

 

Continua após a publicidade

05-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

5. Vela de LED: a luminária que reproduz a chama de uma vela acesa é assinada por Ingo Maurer. Apesar de seu tamanho modesto, a My New Flame é uma opção divertida para iluminar os ambientes, graças aos seus poderosos LEDs.  

 

Continua após a publicidade

06-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

6. Luminária que copia a cor da superfície: basta apertar a ColorUp, criada pela empresa PEGA D&E, que ela muda a cor da luz para a tonalidade onde a luminária está apoiada. As lâmpadas de LED, presentes dentro da estrutura de silicone, “copiam” mais de cem tons cadastrados.

 

Continua após a publicidade

07-objetos-e-moveis-inusitados-iluminados-por-leds

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

7. Balanço que muda de cor: a Swing Time, uma instalação criada pelo escritório de arquitetura Höweler + Yoon, reuniu em Boston vinte balanços que mudavam de cor. Funcionava assim: os LEDs, instalados dentro da estrutura circular, eram ativados pela aceleração e velocidade em que os balanços eram movimentados, estimulando a interação dos visitantes com a instalação.   

Continua após a publicidade

Publicidade