5 vezes em que mesas de vidro ajudaram a ampliar espaços pequenos

Com a transparência do material, elas podem fazer um cômodo enxuto parecer maior

Por Texto: Gabriela Domingues Fachin Atualizado em 15 dez 2016, 12h47 - Publicado em 2 jun 2016, 20h48

Mesas de vidro podem não ser a primeira opção para quem está decorando um espaço pequeno, porque o material pode parecer frágil onde muitas vezes a circulação é estreita. Mas, pela transparência, elas podem ajudar na tarefa de fazer um cômodo enxuto parecer maior. Confira cinco exemplos, de mesas de centro a outras de jantar encaixadas na parede.

1. Versátil, o vidro funciona bem em vários estilos de decoração. Na sala de jantar assinada pela arquiteta Ana Luiza Almeida Prado Sawaia, a mesa forma um conjunto com as cadeiras de palhinha.

11-salas-de-jantar-de-varios-estilos

2. A luz pode tanto refletir no material quanto atravessá-lo, o que torna o vidro um ótimo aliado para iluminar um espaço. No ambiente da arquiteta Patricia Martinez, a mesa ajuda a trazer luz, em contraste com o cinza do teto, dos armários e da luminária.

02-apartamento-de-130-m2-tem-cores-suaves-e-inspiracao-no-design-nordico
Continua após a publicidade

3. Por sua transparência, uma mesa de vidro pode fazer um cômodo parecer maior. No projeto do Maxma Studio, a mesa fica entre a cozinha e o estar, encaixada numa moldura de gesso acartonado.

5-vezes-em-que-mesas-de-vidro-ajudaram-a-ampliar-espacos-pequenos

4. As versões com tampo circular podem dar a sensação de um espaço ser ainda maior, por causa das curvas. No projeto de Rodrigo Martins, do escritório Ah!Sim, a união da sala de jantar e da cozinha foi o jeito encontrado para ampliar os espaços.

15-salas-de-jantar-de-varios-estilos

5. O material tem baixa manutenção e não é difícil de limpar. No home theater, desenhado pela arquiteta Lígia Recco, a mesa de centro quebra o peso da madeira e traz leveza à decoração.

LIGIA HELENA RECCO
Continua após a publicidade

Publicidade