Casa Created with Sketch.

14 erros da decoração com pisca-piscas (e como acertar)

A empresária Cecilia Dale aponta os principais erros no uso das luzinhas natalinas e ensina como usar pisca-piscas da maneira correta.

A empresária Cecilia Dale fez do Natal seu ofício. Ela capitaneia uma rede de lojas de decoração que leva seu nome, famosa pelos acessórios natalinos. Ela também assina decoração natalina de 20 shoppings centers em cinco estados do Brasil. Para a decoradora, o pisca-pisca pode fazer toda a diferença. Ela ensina quais os principais erros na hora de usar as luzinhas – e como acertar na decoração:

01-como-usar-pisca-piscas-14-erros-da-decoracao-com-pisca-piscas

 (/)

Dentro de casa

1 – Saturar um espaço pequeno com muitos enfeites

Quando houver pouco espaço, crie um foco de atenção. Cecilia aconselha concentrar as luzes natalinas na árvore de Natal ou em um pedaço do ambiente. Espalhe luzes menos intensas nos cantos do cômodo.  “Você pode combinar várias velas com um raminho de natal”, afirma Cecilia. “É uma luz agradabilíssima, que dá um clima festivo, mesmo que não seja Natal”, completa.

2 – Escolher luzes que cansam a vista

Piscas-piscas em que todas as luzes acendem e apagam ao mesmo tempo cansam os olhos, porque fazem a retina dilatar-se e recuar continuamente. Use piscas-piscas sequenciais, aqueles em que conjuntos de luzes acendem-se uns após os outros. Assim, a luminosidade do ambiente permanece constante.

3 – Instalar pisca-piscas antes dos enfeites

Os fios roubam a cena quando os piscas-piscas são instalados depois dos enfeites. Primeiro, instale as luzes e depois os enfeites da árvore ou do ambiente. Assim, os fios ficam disfarçados – deixando que lâmpadas, brinquedos e bolas roubem a cena. Parece bobo, mas pensar nisso antes evita o trabalho de refazer a decoração.

4 – Não planejar a arrumação na árvore de natal

Adote uma estratégia antes de começar a decorar o pinheiro de Natal. Para Cecilia, o primeiro passo é instalar uma extensão na árvore, ocultando-a ao longo do tronco. Depois, enrole os pisca-piscas nos ramos, começando dos galhos inferiores. Enrole o cordão, iniciando na base dos galhos e indo até suas pontas. Depois, traga-o de volta para o tronco e passe para o ramo de cima. Comece a partir dos galhos inferiores. Dessa maneira, as lâmpadas aparecem, mas não os fios. Enrole com os pisca-piscas acesos: caso as luzes estejam queimadas, você saberá antes de terminar a decoração da árvore.

02-como-usar-pisca-piscas-14-erros-da-decoracao-com-pisca-piscas

 (/)

5 – Iluminar uma decoração sóbria com piscas-piscas coloridos

Caso você não seja fã de muitas cores na decoração natalina, ilumine o ambiente com pisca-piscas brancos – essas luzes têm um brilho amarelado e caloroso. Cecília aconselha adornar o ambiente com enfeites de uma cor só: dourado, prateado ou vermelho. Esses tons combinam com o verde do pinheiro e o dourado das lâmpadas.

6 – Combinar pisca-piscas coloridos com objetos de cores diferentes

Em geral, piscas-piscas emitem luz branca, verde e nas cores primárias – azul, amarelo e vermelho. Instalar enfeites de outros tons pode deixar o ambiente carregado demais. Por isso, decore com objetos nesses tons – principalmente brinquedos, que costumam vir nas cores primárias mais o verde. Mas Cecília adverte: o ambiente não ficará tão sofisticado. “Com esses enfeites, a decoração fica mais em tom de brincadeira”, diz a empresária.

7 – Fazer o pisca-pisca competir com lâmpadas comuns

Cecilia recomenda ressaltar a iluminação natalina diminuindo a intensidade das outras luzes do ambiente. Vale apagar as lâmpadas da sala e instalar luminárias com luz indireta, como abajures. Outra opção é diminuir a intensidade das lâmpadas.

8 – Criar desenhos em espaços pequenos

As luzes trabalhadas em formato de desenho conflitam com a decoração. Por isso, prefira colocá-los do lado de fora ou em um cômodo amplo com uma parede vazia. Não se esqueça da regra anterior: adorne-os com festão, para que não percam a graça durante o dia.  

03-como-usar-pisca-piscas-14-erros-da-decoracao-com-pisca-piscas

 (/)

ÁREAS EXTERNAS

9 – Fixar piscas-piscas com fitas adesivas

Fitas adesivas descolam com as chuvas, o sol forte de dezembro e o calor gerado pelas lâmpadas. As fitas também deixam manchas na superfície onde foram colocadas. Cecília recomenda usar abraçadeiras de plástico (aquelas pulseiras que prendem as malas em zíperes de aeroporto). Essas peças têm tamanho regulável e são muito fortes.

10 – Instalar os piscas-piscas – e nada mais

Pisca-piscas encantam durante a noite, mas perdem a graça durante o dia. Por isso, acompanhe as luzes com festão e objetos decorativos verdes. “Você consegue que sua casa fique bonita o dia inteiro”, afirma Cecilia.

11 – Manter as luzes desprotegidas

Água e eletricidade não combinam. Por isso, instale piscas-piscas específicos para uso externo nas áreas fora de casa. Use cabos PP para alimentar as lâmpadas com eletricidade.  Nesse tipo de cabo, os fios elétricos passam dentro de uma mangueira de PVC. Ligue tudo com tomadas à prova d’água.

04-como-usar-pisca-piscas-14-erros-da-decoracao-com-pisca-piscas

 (/)

ELETRICIDADE

12 –  Usar benjamins

Benjamins e Ts podem causar um incêndio. Quanto mais equipamentos elétricos estão ligados em uma tomada, maior a corrente elétrica que passa por ela. A corrente elétrica pode aumentar tanto que os fios e tomadas peguem fogo. “O pisca não tem uma potência muito alta, então não é um risco eminente”, diz Felipe Melo, diretor de projetos da ICS Engenharia. “Mas uma ligação mal feita pode sobrecarregar o sistema”.

Felipe recomenda usar somente as tomadas instaladas em casa. Se elas não forem suficientes, use réguas de tomadas com fusíveis. Esses aparelhos são mais seguros porque os fusíveis queimam caso a corrente elétrica seja maior do que a suportada.

13 –  Deixar ao alcance das intempéries (e das visitas)

Para o pisca-pisca durar mais tempo, isole-o da água, poeira e sujeira. Não deixe que os fios atravessem o caminho das pessoas nem dos animais de estimação. Evite fios com rachaduras e emendas – assim, você protege crianças e animais de estimação.

14 –  Instalar pisca-piscas que queimam facilmente

Pisca-piscas com fios muito finos queimam mais fácil. Isso também acontece com peças que usam lâmpadas incandescentes. Por fim, evite conectar mais de três cordões de luzes – esse posicionamento também faz com que eles queimem rápido.  

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s