Cozinha com fogão a lenha e jeito de chalé

A casa em Porto Alegre ganhou 32 m² de área coberta e permitiu à família ter a cozinha espaçosa que acomoda a família inteira nas refeições

Por Texto Irene Marcondes (RS) | Fotos Ricardo Jaeger (RS) | Ilustrações Alice Campoy Atualizado em 9 set 2021, 20h59 - Publicado em 5 jul 2017, 14h04

Os irmãos Miguel, Jamile e Gabriel cresceram soltos entre as árvores do quintal da morada de 85 m², erguida nos anos 1940. Só não tinham a liberdade de se sentar para comer com os pais, a arquiteta Luciane Tabbal e o servidor público Sérgio Mallet, na cozinha diminuta. Mal planejado, o cômodo não passava de um corredor espremido entre sala, escritório e quartos. Após mais de uma década assim, a família desengavetou o projeto de ampliação, que soma dois andares – em cima, ficou o ambiente desejado, grande e avarandado, além de minilavanderia e banheiro; embaixo, área aberta de estar e outro banheiro. Terminada a obra de quatro meses, finalmente chegou o dia em que o caçula, Gabriel, pôde dizer: “Estamos almoçando todos juntos na cozinha!”

Publicidade