Casa Created with Sketch.

Arquiteto redesenha o bonde histórico de Milão para o pós-isolamento

O italiano Arturo Tedeschi criou um projeto para o veículo, que atenda às regras de distanciamento social

Projetado como uma releitura moderna do bonde clássico da classe ATM 1500, que foi usado pela primeira vez em Milão, em 1929, o novo modelo, chamado Passerella, reinterpreta seu estilo e proporções. Assinado pelo arquiteto italiano Arturo Tedeschi, o bonde criado para o “novo normal” é equipado com soluções discretas de distanciamento social.

 (Reprodução/dezeen)

Além da mudança no design externo do veículo, Tedeschi acrescentou tecnologias e adaptações para a vida após a pandemia de coronavírus. Seu interior apresenta divisões de acrílico para separar assentos individuais e marcadores em forma de círculo no chão para funcionar como sinais discretos de onde os viajantes devem ficar para manter uma distância segura.

 (Reprodução/dezeen)

“As medidas de distanciamento social adotadas pela cidade — uma das mais afetadas pela pandemia de Covid-19 na Itália — estão mudando os hábitos dos cidadãos e a maneira como eles vivem e percebem o transporte público”, afirma o profissional.

 (Reprodução/dezeen)

O interior foi pensado para ser como uma passarela da moda (ou passerella em italiano), disposto como um corredor aberto com fileiras de assentos alinhadas de cada lado. “Moda é o DNA de Milão”, justifica o designer. Essa passagem é cercada de materiais sofisticados, como bordas douradas em forma de arco nos divisores de acrílico, que combinam com as marcações circulares no chão e se destacam na base preta do interior. “Acho que a moda também pode ser um antídoto neste momento pós-COVID”, acrescenta.

 (Reprodução/dezeen)

O esquema de cores, em amarelo e preto, também foi pensado para o exterior do bonde, que apresenta um display eletrônico que informa as pessoas das próximas paradas.

 (Reprodução/dezeen)

O teto do veículo também recebeu essa estética simples e listrada, de modo que parece atraente quando vista das varandas das pessoas. Essas faixas fazem referência ao movimento futurista artístico e social italiano, que estava enraizado em ideias de velocidade, tecnologia e transporte.

 (Reprodução/dezeen)

O design atualizado mantém as mesmas dimensões do modelo ATM Class 1500 original, mas apresenta melhor acessibilidade, com o piso na mesma altura da plataforma de espera. O conceito Passerella também mantém os detalhes frontais do modelo 1503 original e, uma vez que o distanciamento não for mais uma necessidade, os divisores de acrílico poderão ser retirados sem que interfira no design pensado pelo arquiteto.\

 (Reprodução/dezeen)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s