Casa Created with Sketch.

Reforma de apartamento dos anos 50: cores clássicas e listras nas paredes

O projeto, do escritório Karina Afonso Arquitetura & Interiores, transformou o imóvel de 380 m² com soluções práticas e rápidas

 (Ines Antich/Divulgação)

Para este apartamento de 380 m² nos Jardins, em São Paulo, a arquiteta Karina Afonso apostou em um estilo contemporâneo de toques clássicos, ressaltados pelas cores da paleta.

A reforma rápida no imóvel de 50 anos recebeu os tons acolhedores do rosa e tranquilos do azul para quebrar a base branca dos ambientes, além de outros ajustes necessários.

 (Ines Antich/Divulgação)

“A pintura de paredes é uma solução prática e econômica para quem busca renovação e mudança estética do décor com mais rapidez. Neste projeto optamos pelas cores da Sherwin-Williams pela qualidade dos produtos e variedade de tonalidades”, conta a arquiteta.

Para compor a decoração dos espaços, Karina contou com a ajuda de todos os moradores – inclusive das crianças, que escolherem os tons de acordo com o gosto pessoal.

No quarto da filha primogênita, a profissional optou pela famosa cor de joias – um azul tiffany. Buscando também criar um efeito de padronagem na parede, pintou a icônica estampa Missoni. O design mais famoso do mundo é composto por zigs-zags inspirados na cultura africana. “Além do protagonismo da cor azul, complementamos o décor com cortinas e puffs neutros em branco”, explica.

 (Ines Antich/Divulgação)

Já na suíte do casal, o destaque fica para a cama em couro desenhada pela própria arquiteta, além do uso de materiais rústicos de madeira no piso e em peças, como as mesas laterais de tronco de árvores e o tapete em pele.

A fim de transmitir tranquilidade e paz para o espaço, o tom escolhido foi o azul. “A proposta para este ambiente é ajudar na correria do dia a dia, proporcionando um espaço para descanso e aconchego, que revigore o espírito e as energias”, reforça Karina.

 (Ines Antich/Divulgação)

Para o quarto da caçula (um local mais lúdico), a profissional apostou em listras na cor rosa, criando um espaço que emite carinho e acolhimento.

Essa técnica é simples e pode ser feita no estilo “faça você mesmo” com o uso de tintas, se tornando uma opção mais econômica comparada aos papéis de parede com estampas.

 (Ines Antich/Divulgação)

Já no lavabo, a ideia foi transformá-lo em um ambiente intimista com o uso de tons grafite. Karina imprimiu ainda, no espaço, uma marca pessoal a partir de quadros do acervo dos moradores.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s