Casa Created with Sketch.

Bloco laranja emoldura cozinha e transborda ousadia em apê paulista

O projeto do escritório CR2 Arquitetura ainda sugeriu móveis multifuncionais e uma decoração industrial

 (Cris Farhat/Divulgação)

Este apartamento de 46 m², no prédio mais descolado da Pompeia (São Paulo), foi comprado por investidores antes de começar sua construção. Contudo, eles gostaram tanto do resultado final que decidiram reformá-lo e usá-lo pra lazer e aluguel de curta temporada.

Com isto, o escritório CR2 Arquitetura, sob comando da arquiteta Clara Reynaldo, entrou em cena: propôs uma reforma que deixou o espaço o mais amplo possível, sem separação entre sala, cozinha e quarto; usou materiais resistentes, de baixa manutenção e baixo custo, caso do porcelanato no piso e da fórmica na cozinha; e uma boa iluminação, por isso a predominância do branco nas paredes e no teto, do cinza claro no piso e do guarda-roupa e cabeceira brancas.

 (Cris Farhat/Divulgação)

“Já a grande varanda, que na maioria dos casos acaba incorporada ao apartamento, foi mantida como varanda, o que nos deixou muito felizes”, conta Clara.

“Não só por ter uma área externa e coberta, o que caracteriza um outro tipo de uso com relação à área interna, como também por preservar a fachada do edifício tal qual foi pensada”, diz.

 (Cris Farhat/Divulgação)

Na entrada do apartamento o bloco da cozinha se destaca pelo laranja forte, que vai da bancada à marcenaria. Em seguida, vem um portal metálico preto, que marca a passagem entre cozinha e a sala e o quarto, fazendo ora função de estante, ora de mesa.

 (Cris Farhat/Divulgação)

Para a iluminação, pensou-se em plafons pretos com fios aparentes, o que traz um ar industrial ao ambiente. Na varanda, a luz natural do pôr do sol harmoniza com confortáveis poltronas rodeadas por vegetação, criando o espaço perfeito para que os proprietários desfrutem de um vinho.

O resultado é um apartamento iluminado, funcional, de baixa manutenção e muito agradável. Curtiu? Então confira na galeria abaixo mais fotos:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s