Aprenda a instalar o rodapé por conta própria

Os rodapés emolduram o piso e valorizam o ambiente. Nossa equipe aprendeu com um especialista a fixar um modelo de MDF, de 8 cm de altura.

Por Texto Daniel John Furuno | Reportagem Visual Fernanda de Castro Lima | Fotos Luis Gomes Atualizado em 14 dez 2016, 11h12 - Publicado em 7 jan 2014, 19h45
abre-aprenda-a-instalar-o-rodape-por-conta-propria

Ao escolher o rodapé mais adequado a cada ambiente, considere primeiro o material. Os de madeira e de MDF, por exemplo, devem ficar longe de áreas úmidas – do contrário, correm o risco de mofar ou empenar. Além disso, é preciso prestar atenção à combinação com o piso. “Cerâmica e revestimentos amadeirados formam boa parceria com modelos dos mesmos materiais, e também com os de poliestireno. Já pisos vinílicos ficam bem com os versáteis rodapés de MDF”, analisa a arquiteta paulista Cristiane Dilly. Cor e tamanho dependem do gosto de cada um, mas vale anotar as dicas. “Peças altas, que estão na moda, imprimem ares modernos em qualquer espaço, assim como as brancas, ainda mais se as esquadrias forem dessa tonalidade”, aponta a expert. A instalação requer um capítulo à parte. Algumas lojas oferecem o serviço por uma taxa extra, outras indicam profissionais especializados. O preço varia conforme o perímetro do cômodo, e muitas empresas cobram um valor mínimo (por volta de R$ 250, em São Paulo). Eis a boa notícia: eliminar esse gasto é possível, desde que se tenha muita disposição e um pouco de habilidade manual. O instalador Jailton de Carvalho, da Jib Floor, ensina os segredos da fixação de rodapés de MDF de até 12 cm de altura. “A técnica não muda. Porém, as barras maiores só podem ser cortadas com uma serra de meia esquadria elétrica, que custa até dez vezes mais do que a ferramenta manual que usamos aqui”, explica.

Confira as dicas do especialista para uma instalação sem tropeços

A principal recomendação de Jailton é fazer todas as medições e cortes – inclusive das peças para o acabamento – antes de começar a fixação propriamente dita. Ainda na fase preliminar, o passo seguinte é verificar se os cortes foram executados corretamente, ou seja, se resultaram em encaixes perfeitos tanto para as quinas quanto para as emendas lineares: um ligeiro erro no ângulo é suficiente para fazer com que as barras não se juntem como o esperado! E vale reforçar que este passo a passo ensina a instalar unicamente rodapés de MDF de até 12 cm de altura. Caso faça questão de uma peça maior, a boa notícia é que já existem modelos empilháveis, pensados para serem fixados um acima do outro – e foi justamente um assim que escolhemos para ilustrar este tutorial. Apesar de cada barra ter apenas 8 cm, o resultado final pode ser um acabamento duplo, de 16 cm de altura.  

Continua após a publicidade

Para completar, só falta o arremate

No encontro de uma barra com uma guarnição ou vão de porta, e até mesmo com um ambiente sem rodapé, é preciso executar um acabamento especial. Entre os diversos métodos existentes, elegemos a chamada “moldura”, que tem visual limpo e é simples de reproduzir.

Preços pesquisados em 28 de outubro a 21 de novembro de 2013, sujeitos a alteração.

 

Continua após a publicidade

Publicidade