Casa Created with Sketch.

6 perguntas e respostas sobre o drywall

A resposta a algumas questões técnicas ajuda a avaliar se vale a pena lançar mão do método. Confira os principais dilemas

home-nova

 (/)

 

Onde encontro o produto?

 

Há quatro fabricantes (Gypsum, Knauf, Placo e Trevo Drywall), que não vendem diretamente para o consumidor, mas mantêm uma rede de distribuidores e investem no treinamento de instaladores. Essas empresas, bem como várias marcas responsáveis pela produção de outros componentes do sistema, reúnem-se na Associação Brasileira do Drywall.

O que não pode ser feito com ele?

 

Destinado apenas a áreas internas, não suporta intempéries, nem apoia carga de telhado ou laje. Nesse caso, o ideal seria empregar o sistema steel frame, ou seja, perfis estruturais de aço fechados por fora com chapas cimentícias ou OSB. Alguns fabricantes, lançaram painéis que utilizam as placas de cimento externamente e o drywall por dentro, cumprindo essa função. Outra restrição é o emprego em saunas, por causa do vapor constante.

Substitui a parede tradicional?

 

Se ela não for estrutural, sem problemas. As vantagens da troca são ganho de espaço, bom isolamento termoacústico e facilidade para passar novas instalações hidráulica e elétrica.

Por que usá-lo sobre alvenaria existente?

 

Essa combinação dispensa acabamento final (reboco e massa fina). Compensa nas situações em que a superfície é irregular ou se deseja passar fios e canos sem quebra-quebra. Além disso, a solução aumenta os desempenhos térmico e acústico.

O forro elimina o som do andar de cima?

 

Ele barra o ruído aéreo – como latidos – mesmo sem a de lã mineral. Na transmissão por vibração, caso do salto alto, reduz o barulho. Para zerá-lo, porém, são necessários cálculos técnicos e isolamento também em paredes, janelas e portas.

Que acabamentos ele aceita?

 

Não há proibições, mas cada opção requer cuidados específicos. Para a pintura, indica-se aplicar massa para drywall e tinta acrílica ou látex PVA. Revestimentos cerâmicos são fixados com argamassa colante própria. Já as pedras pesadas pedem cantoneiras a fim de distribuir as cargas nos montantes.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s