Quem sabe antes compra melhor

Pesquisa de mercado aponta as regiões de maior crescimento e valorização da construção civil. Descubra quais são elas e saia na frente na corrida pelo melhor imóvel.

Por Por Maria Helena Pugliesi Atualizado em 14 dez 2016, 12h47 - Publicado em 19 nov 2011, 14h40
-01_compra-melhor-casa-imoveos

Salvador está crescendo – isso é fácil de ver. A região metropolitana (que compreende também Lauro de Freitas e o Litoral Norte) conta com mais de 400 empreendimentos lançados e em lançamento, o que perfaz um número de 14 mil unidades só neste ano. Com tantas ofertas, como saber onde encontrar o melhor negócio? Quem arrisca uma resposta é Matheus Araújo, analista de inteligência de mercado da imobiliária Ponto 4 & Coelho da Fonseca. Para ele, as três regiões de maior potencial de compra hoje são a Orla Atlântica, a Orla Insular e o Sentido Lauro de Freitas.

Matheus se baseia em pesquisas feitas para lançamentos de empreendimentos. Elas avaliam, entre outros asvantagens pectos, localização e infraestrutura da área, vias de acesso aos principais pontos e avenidas da cidade, bem como vista e proximidade em relação ao mar e parques. “As três regiões apontadas são vetores de crescimento contínuo e devem permanecer assim enquanto o mercado estiver aquecido. Desde 2008, quando foi aprovado o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, essas áreas estão liberadas para grandes empreendimentos. Onde antes só se podia construir edifícios de seis andares, hoje já é possível erguer torres com mais de 20 andares. Além disso, existe ainda grande quantidade de terrenos disponíveis, principalmente nas Orlas”, diz. Portanto, olho nesses locais.

Locais

 

Orla Atlântica

O vetor compreende a extensão que vai do bairro da Barra até Itapuã. Desde 2008, apresenta alta no número de novos empreendimentos (hoje, há cerca de 12 mil unidades em construção), principalmente na faixa entre Costa Azul e Jardim Armação até Patamares. Alvo de grandes incorporadoras e construtoras, essa parte da cidade oferece boas ofertas para o público de classe média alta. Seus edifícios de alto padrão contam com megainfraestrutura de lazer, considerados condomínios-clubes. Destaca-se também o surgimento de novos bairros planejados. No primeiro semestre de 2011, apresentou valorização de 1,22%. O preço do m2 atual é de R$ 4 700.

 

Orla insular

Indo da avenida Contorno ao subúrbio ferroviário, esse vetor abrange a orla com vista para a Ilha de Itaparica. Reduto das classes A e AA, tem o m2 mais valorizado da cidade – ultrapassa os R$ 6 500 (no primeiro semestre de 2011, valorizou na ordem de 0,80%). Perto de mil unidades encontram-se em construção. Devido à privilegiada localização, próximo inclusive da Bahia Marina, considerada a melhor marina do Brasil, a avenida Contorno, por exemplo, oferece empreendimentos que beiram R$ 3 milhões a unidade. A região tem ainda como pontos favoráveis a reforma do Porto de Salvador, prometida para 2013, e a revitalização do bairro do Comércio.

 

Sentido lauro de Freitas

A Orla Oceânica e a cidade de Lauro de Freitas fazem parte desse vetor, que no primeiro semestre de 2011 foi o que apontou a maior valorização: 2,33%. Nele se localiza uma das principais avenidas de Salvador, a Luís Viana Filho, também chamada de avenida Paralela, e os lançamentos são diversificados: apartamentos, bairros planejados, shoppings, universidades e lojas de rua. Já em Lauro de Freitas cresce o segmento popular, que atende ao programa Minha Casa Minha Vida, com o preço de imóveis de até R$ 130 mil. O m2 atualmente vale cerca de R$ 2 800, e encontram-se em construção perto de 9 mil unidades para público de baixa renda.

Pesquise antes de fechar negócio

 

Assim como fazem as grandes construtoras, que encomendam pesquisas a empresas de inteligência de mercado imobiliário para se orientar na implantação de seus empreendimentos, o pequeno comprador também precisa obter informações na hora de investir.

Continua após a publicidade

 

• Conheça o histórico da construtora. No site das empresas pode-se verificar desde quando elas existem e a quantidade de empreendimentos já lançados. As mais antigas e as que mantêm regularidade nos lançamentos sugerem maior confiabilidade. Consulte também a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA). A associação tem a lista das construtoras atuantes e pode infomar o histórico delas.

 

• Percorra as regiões de sua preferência em dias e horários diferentes para descobrir como é o trânsito e o público que circula pela área. Converse com os moradores e comerciantes.

 

• Aprenda sobre o Plano Diretor da cidade. Ele está disponível na internet e pode dizer se o bairro pelo qual você se interessa está liberado para ter prédios altos ou comércio, por exemplo. Atenção: em 2012, o Plano Diretor sofrerá modificações.

 

Una os dados que obteve aos do seu perfil (planejamento familiar, hábitos diários – se gosta de ir ao trabalho a pé, se leva os filhos ao parque etc. – e orçamento que tem para investir). É assim que se faz uma boa escolha.

O que salvador vive hoje

 

Taxa mÉdia de valorização em salvador 2,81% 1º semestre de 2011

No ranking de capitais brasileiras da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e Zap Imóveis (FipeZap), Salvador fica em sétimo lugar quando o assunto é valorização imobiliária. A taxa média, de 2,81%, atingida no primeiro semestre de 2011, aponta para uma projeção de 5% até o final do ano. Embora haja certa timidez no comparativo com outras cidades, Matheus Araújo acredita que os números são absolutamente positivos. O consumidor encontra muitas ofertas e, segundo ele, quem pensa em comprar um imóvel para morar tem todas as chances de fazer bons negócios. Para os investidores, a promessa é de que o setor continue se desenvolvendo. “A meta até dezembro de 2011 é um investimento de R$ 4 bilhões. Como já foram cumpridos 82% desse total, tudo indica que a perspectiva será realizada.”

 

Força jovem

Matheus Araújo, 30 anos, é apaixonado pelos movimentos da área imobiliária. Especializou-se em buscar informações privilegiadas e decisivas para orientar seus clientes. Bacharel em Administração de Empresas pela Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC), entrou no mercado de trabalho como consultor de marketing da RL Consultoria. Está no ramo imobiliário há dois anos. Foi assistente e logo depois analista de inteligência de mercado na imobiliária RE/MAX CIA. Em janeiro deste ano recebeu convite da Ponto 4 & Coelho da Fonseca, dois gigantes do mercado.

 

Continua após a publicidade

Publicidade