Movimento Boa Praça procura voluntários

O movimento inspirador de moradores que conseguiram restaurar uma praça em São Paulo precisa, agora, de um voluntário que faça levantamento topográfico. Quem se habilita?

Por Por Vanessa D'Amaro Atualizado em 14 dez 2016, 12h14 - Publicado em 29 jan 2010, 14h51

Na teoria, as praças deveriam promover a convivência e recreação da população urbana. Mas, o que fazer quando elas caem no abandono de órgãos públicos e da população? Uma menina de 4 anos deu a solução: Alice pediu à mãe que reformasse o parquinho da Praça François Belanger, em Pinheiros, para o seu aniversário de 4 anos. Cecília Lotufo resolveu fazer a vontade da filha e reuniu os moradores da região para a reforma da praça, que foi reinaugurada em tempo para a festa. A notícia se espalhou pela região e mais pessoas aderiram à iniciativa incluindo a jornalista Carolina Tarrio que batizou o movimento de Boa Praça. Hoje, o movimento promove eventos em três praças: Paulo Schiesari, François Belanger e Amadeu Decome; e, engloba moradores dos bairros de Alto de Pinheiros, Lapa, Sumarezinho, Vila Romana e Vila Anglo. Todo último domingo do mês o grupo promove piqueniques. Calcula-se que os eventos reúnam cerca de 200 pessoas. Para realizar os trabalhos de revitalização, o movimento conta com a participação voluntária de dois arquitetos, Thea Standerski e Eduardo Martini, mas o Boa Praça ainda precisa de um profissional que se disponha a fazer o levantamento topográfico detalhado da praça Paulo Schiesari e do terreno ao lado. O movimento aceita também doações de materiais de construção. Para colaborar, entre em contato com Carolina Tarrio, nos telefones: (11) 3672-4623 e (11) 9984-5760

Piquenique do Boa Praça:

Quando: dia 31 de janeiro

Onde: Praça François Berlanger, entre as ruas Pereira Leite e Araioses

Horário: das 10h às 12h.

Continua após a publicidade

Publicidade