Continua após publicidade

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas

A arquiteta Marina Vilaça, do MBV Arquitetura, criou marcenarias personalizadas para otimizar o armazenamento e apostou em uma paleta com toques verdes.

Por Editado por Ana Harada
11 jul 2024, 13h00

A moradora deste microapartamento de 24 m² é uma ceramista. Ela adquiriu o imóvel em péssimo estado e chamou a arquiteta Marina Vilaça, do escritório MBV Arquitetura para fazer um projeto de reforma completo.

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, sala de estar, cortina xadrez, sofá com manta, quadros atrás do sofá.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

“A cliente contou que está sempre viajando e, por isso, prefere viver em um espaço compacto, prático e fácil de manter e limpar”, explica Marina. “Além da renovação total do imóvel, ela pediu marcenarias multiuso, com bastante espaços de armazenamento, e um sofá-cama, ao invés de cama, pois queria ter uma área livre próximo à janela para praticar exercícios”, acrescenta.

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, hall, parede verde, máscaras de animais penduradas.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

Antes da reforma, na entrada do imóvel havia uma bancada com uma cuba minúscula e um espaço para fogão de uma boca, que funcionavam como cozinha, seguida de um corredor estreito, sem qualquer utilidade. Já o banheiro original tinha um formato mais quadrado e o quarto era dividido por um pórtico que delimitava a área de dormir e uma saleta.

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, hall de entrada, gancho, cabideiro, parede verde.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

Na reforma, a arquiteta demoliu tanto o pórtico (para criar um espaço único) como o banheiro, que foi reconstruído em formato retangular estreito, permitindo assim que o hall de entrada do apartamento fosse alargado para instalar, de um lado, uma mini lavanderia (com máquina lava-e-seca e bancada de apoio, com armário) e, do outro, uma parte da nova cozinha.

Continua após a publicidade
Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, cozinha pequena com marcenaria bege.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

“Embora a cliente não cozinhe com frequência, ela pediu um espaço mais confortável para realizar esta tarefa”, diz Marina. Já a outra parte da cozinha, com bancada para cooktop, forno multiuso e airfryer, adentrou o espaço do antigo quarto.

Continua após a publicidade

No geral, o conceito do projeto buscou criar um lar minimalista, com formas arredondadas para o melhor aproveitamento da circulação, a exemplo da parede curva do banheiro, que possibilitou a instalação de uma bancada maior na cozinha.

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, sala de estar, cortina xadrez, sofá com manta, quadros atrás do sofá.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

Na decoração, que segue o estilo japandi, Marina selecionou móveis compactos multiuso, tapetes e luminárias novos que dialogassem com as cerâmicas, itens de coleção e lembranças de viagens da cliente. “Quando está aberto, o sofá-cama fica com as mesmas dimensões de uma cama de casal. Já os banquinhos também podem ser usados como mesinhas de apoio”, exemplifica. Toda a marcenaria foi desenhada sob medida pela própria arquiteta (em tom areia na parte superior e madeira clara na parte inferior), com compartimentos específicos para armazenar desde vestidos de festa a equipamentos de ginástica e tábua de passar roupa. Entre as peças de design assinado, ela destaca a cadeira Tubo, do Guilherme Wentz.

Continua após a publicidade
Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, cozinha pequena com marcenaria bege.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

Como a cliente adora cinza e branco, a arquiteta apresentou a ela uma paleta de cores em tons quentes de areia, verde e caramelo, para complementar o cinza e deixar os espaços mais acolhedores, luminosos e alegres.

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, banheiro pequeno bege, cuba solta.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

Como o banheiro é o único ambiente isolado por paredes, seu volume foi destacado, na parte externa, com uma tinta na cor verde oliva. Os materiais usados nos estofamentos, almofadas e cortina vão do linho à palha, passando pelo algodão e couro, com texturas naturais que proporcionam aconchego e acolhimento.

Mini apê japandi de 24 m² tem sofá-cama, lavanderia e formas arredondadas. Projeto de MBV Arquitetura. Na foto, banheiro pequeno, nicho no box, parede de ladrilhos.
(Fotos: Lilia Mendel/Produção visual: @puadigiorgio/Divulgação)

No piso foi usado o mesmo porcelanato no padrão granilite.

Continua após a publicidade
Publicidade