Casa Created with Sketch.

Iglus com teto de vidro permitem a observação da aurora boreal

Hotel localizado na Lapônia finlandesa oferece estadia em iglus, passeios em trenós de cães, pescaria no gelo e outras atividades sob a aurora polar e o sol da meia-noite

O nome assusta: Kakslauttanen. Mas esse hotel familiar, que fica na Lapônia finlandesa, não podia ser mais lúdico – afinal, é a terra do Papai Noel. E da aurora boreal. Nesse cenário mágico, uma sacada arquitetônica atrai turistas do mundo todo: quartos ao ar livre, que se assemelham a iglus, com tetos de vidro que permitem a observação das luzes noturnas no inverno sem precisar enfrentar a neve. Para os mais corajosos, há iglus de feitos de neve, que oferecem a experiência de passar a noite em um ambiente cuja temperatura varia de três a seis graus negativos (bem mais alta que os 40 graus negativos do exterior). E há também cabanas clássicas feitas de madeiras de pinheiro, equipadas com saunas e lareiras. O único desconforto, se é que podemos chamar assim, é que nem todas as acomodações possuem chuveiros próprios e não há TVs. Mas, eles têm todas as informações no site oficial, que tem versão em português do Brasil.

Entre as atrações oferecidas no inverno, você pode passear em um trenó puxado por cães huskies, por renas ou andar de motos de neve (snowmobile), pescar no gelo, fazer esqui e snowboard, andar em um barco quebra-gelo, visitar a casa do Papai Noel e, claro, observar as luzes da aurora polar. No verão, o sol da meia-noite permite longos passeios (a pé, de bicicleta ou a cavalo), você também pode tentar minerar ouro, colher cogumelos e frutas vermelhas ou até ir de carro até a Noruega.

O Kakslauttanen fica a 250 quilômetros do Círculo Polar Ártico, perto do norte da Noruega e de Murmansk, na Rússia. O aeroporto mais próximo fica em Ivalo e está a cerca de 30 minutos de distância. Veja mais fotos na galeria acima e no Facebook do hotel.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.