Casa de toras se acomoda ao terreno íngreme

À altura do desafio: foram três anos para obter aprovações e licenças de construção. Mas, na obra, tudo foi feito com tanto cuidado que, hoje, a proprietária pode dizer: mesmo as chuvas mais intensas não intimidam a construção

Por Por Eliana Medina e Marianne Wenzel Fotos: Carlos Piratininga Atualizado em 19 jan 2017, 13h27 - Publicado em 12 abr 2010, 11h48

“Esta é a casa mais difícil que já construí afirma, categórico, o arquiteto Ciro Ponte, autor do projeto com o colega Celso Cabana, ambos de São Paulo. Os obstáculos não se restringiram à obra – na realidade, apareceram bem antes dela. “Demoramos três anos para obter as aprovações e licençaas necessárias”, conta a proprietária, a designer de interiores Lucia Massari. Antes de começaar a obra, montou-se um cordão de isolamento para que a equipe não interferisse na mata. Aí, sim, iniciaram-se os trabalhos. A fundação consumiu os primeiros nove meses, e passou-se mais um ano até que a morada ficasse pronta. Finalizada em novembro último, ela resistiu às severas chuvas de verão.

Publicidade