Casa de férias com arquitetura em balanço na Inglaterra

Projeto na Ilha de Wight se valeu dos desafios do terreno ribeirinho para criar uma construção atemporal e contemporânea

Por Editora Olhares / Janela 23 set 2020, 15h28
Nick Hufton, Al Crow/Editora Olhares / Janela

Este é um daqueles casos em que a maior adversidade foi o que tornou o projeto especial. Localizada às margens do Solent, estreito que separa a Ilha de Wight da Grã Bretanha, a construção precisaria estar preparada para eventuais inundações, além de se valer da vista privilegiada para o mar. Para este desafio, a família contratou o escritório inglês Strom Architects, comandado por Magnus Ström.

Nick Hufton, Al Crow/Editora Olhares / Janela

Se de um lado da fachada a casa parece um simples bloco térreo, do outro é possível perceber a arquitetura em balanço, solução encontrada pelo time de arquitetos para o terreno ribeirinho. Para garantir a entrada de luz natural, foram instalados painéis de vidro dos dois lados da construção, alternados por brises de madeira escura, que dão um tom contemporâneo à arquitetura.

Nick Hufton, Al Crow/Editora Olhares / Janela

Este, aliás, foi um dos pedidos dos clientes: uma casa atemporal, desenhada a partir dos conceitos da arquitetura moderna. Nos ambientes internos prevaleceu o conforto, como na lareira natural da sala de estar e na ampla cozinha integrada. A ala íntima e social são separadas, exceto pela suíte principal, localizada em uma das extremidades da construção, ao lado da sala de estar, com acesso direto ao deque externo.

Continua após a publicidade

Nick Hufton, Al Crow/Editora Olhares / Janela

 

Para ler este conteúdo completo, acesse o site Editora Olhares / Janela!

 

Continua após a publicidade

Publicidade