Receita da Torta Dobos, que aparece na ceia de Natal da Hungria

A sofisticada torta agradou aos imperadores Elizabeth e Franz Joseph. Agora, é uma receita de Natal querida na Hungria

Por Da Redação Atualizado em 14 dez 2016, 11h12 - Publicado em 20 dez 2013, 01h21
06-receitas-de-natal-do-mundo-para-voce-inovar-na-ceia

Na Hungria, uma das receitas mais queridas de Natal é a Torta Dobos (pronuncia-se dubôsh). Ela foi criada pelo cozinheiro Jozsef Dobos para a Exibição Nacional Geral de Budapeste em 1985. Lá, ela se tornou a torta favorita dos imperadores Elisabeth e Franz Joseph I, do Império Austro-Húngaro.

A torta é um bolo com seis finas camadas de massa, intercaladas com creme de chocolate e um acabamento com caramelo fino, liso e crocante. Dobos bateu a manteiga com o chocolate, pensando em fazer um recheio menos perecível – afinal, as condições de refrigeração não eram tão boas no século XIX. A crosta de caramelo também ajuda a preservar.

A torta demorava mais para azedar, o confeiteiro enviava sua torta em caixas especiais para várias cidades da Europa, onde o prato era uma sensação em confeitarias chiques. Dobos manteve a receita secreta até a sua morte. Hoje, a Hungria tem um museu homenageando a torta, na cidade de Szentendre.

Quem nos passou a receita foi a equipe do restaurante Doceira Húngara, em São Paulo: 

TORTA DOBOS

Rende 10 fatias

Ingredientes

Massa de pão de ló

8 ovos grandes

2 claras

85 gramas de açúcar

250 gramas de farinha de trigo (peneirada)

 

Cobertura

250 gramas de açúcar

100 ml de água

 

Recheio

2 gemas

80 gramas de açúcar com 4 gotas de essência de baunilha

200 gramas de manteiga (sem sal)

1 colher de sopa de café em pó solúvel

Continua após a publicidade

300 gramas de chocolate meio amargo

2 colheres de sopa de licor de cacau

 

Preparo

Massa de pão de ló

– Numa batedeira, bata a manteiga em temperatura ambiente com o açúcar, até ficar cremoso. Junte os ovos e continue batendo até formar uma massa esbranquiçada.

– Desligue a batedeira e peneire sobre a massa a farinha de trigo, o sal e a essência de baunilha. Mexa até obter uma massa lisa e firme. Reserve.

– Unte e enfarinhe uma forma redonda com 25 cm de diâmetro e espalhe 1/5 da massa – Leve para assar por cerca de 10 minutos em forno 180 graus. Repita o procedimento com as outras massas. Caso você tenha mais assadeiras do mesmo tamanho, poderá assar todas juntas.

Recheio

– Derreta o chocolate em banho-maria e reserve.

– Numa batedeira, bata as gemas, manteiga e o açúcar até ficarem esbranquiçadas e volumosas

– Sem parar de bater, acrescente o café solúvel e o licor de cacau.

– Continue a bater até a mistura ficar em temperatura ambiente e formar um creme fofo.

– Desligue a batedeira e acrescente o chocolate derretido.

Cobertura:

Numa panela em fogo médio, cozinhe o açúcar com a água sem mexer, até formar um caramelo.

 

Montagem

– Escolha o disco de massa mais bonito e espalhe a cobertura de caramelo. Marque 10 fatias no disco com uma faca untada de manteiga. Reserve.

– Coloque um disco de massa sobre um prato redondo e espalhe um pouco do recheio, formando uma camada de 2 mm de espessura. Cubra com outro disco de massa, coloque o recheio e continue alternando as camadas. Com uma faca, alise a lateral da borda, retirando o excesso de recheio.

– Cubra com o disco caramelizado. Decore a lateral da torta com o restante do recheio. Guarde na geladeira até a hora de servir.

 

bom-apetite
Continua após a publicidade

Publicidade