O que é sal aromatizado e como usar

O sal de todo dia sai do lugar-comum e ganha novo sabor com ervas e especiarias: sal de ervas, sal campestre, sal com mix de cogumelos...

Por Texto Maria Carolina Balro | Direção de arte Camilla Frisoni Sola | Design Luciana giammarino | Fotos Iara Venanzi | Reportagem fotográfica Carla Zullo Atualizado em 20 dez 2016, 22h39 - Publicado em 4 jul 2012, 17h53
bof-jul-44_01

Além de bons ingredientes, é claro, o segredo de uma comida saborosa está no uso harmonioso dos condimentos. O sal, por exemplo, é daqueles que não podem faltar. Mas sempreusado na medida certa para não estragar sua receita (e sua saúde também). Melhor ainda se ele for aromatizado e agregar novas sensações ao paladar. “As ervas e especiarias utilizadas conferem mais sabor aos pratos, fazendo com que seja necessária uma menor adição de sal, reduzindo assim o consumo de sódio diário”, explica Natália Colombo, nutricionista funcional da NC Nutre, em São Paulo. Aqui reunimos algumas receitas de sais aromatizados elaborados por chefs e nutricionistas para você experimentar em sua cozinha.

Sal de ervas e especiarias

Ideal para arroz, legumes e carnes brancas. Receita da nutricionista Natália Colombo, de São Paulo.

 

Ingredientes

• 4 colheres de sopa de sal marinho

• 1 colher de sopa de manjericão seco

• 2 colheres de sopa de salsinha picada e desidratada

• 2 folhas de louro picadas

• 1 pitada de açafrão em pó

• 1 pitada de pimenta-do-reino

• 1 colher de chá de alecrim

• 1 colher de café rasa de casca de limão ralada

 

Modo de preparo

Misture tudo, coloque em um recipiente fechado e guarde na geladeira.

Sal campestre

 

Ideal para peixes e assados. Receita da nutricionista funcional Luciana Harfenist, do Rio de Janeiro.

 

Ingredientes

• 1 xícara de chá de alecrim

• 1 xícara de chá de manjerona

• 1 xícara de chá de orégano

• 1 xícara de chá de cheiro-verde

• 1 xícara de chá de manjericão

• 200 g de sal grosso marinho

 

Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador e coloque em um vidro com tampa. Se quiser, acrescente alho e cebola desidratados.

Sal temperado para massas

 

Ideal para colocar na água enquanto a massa cozinha. Receita da nutricionista funcional Gabriela Maia, do Rio de Janeiro.

 

Ingredientes

1 xícara de sal grosso

2 colheres de sopa de manjericão seco

2 colheres de sopa de orégano seco

 

Modo de preparo

Bata os ingredientes no liquidificador e guarde em um pote de vidro.

Continua após a publicidade

Sal temperado com mix de cogumelos e algas

 

Ideal para finalizar saladas e entradas frias. Receita do chef Thiago Sakamoto, do restaurante Toro Sushi, em São Paulo.

 

Ingredientes

• 100 g de sal grosso

• 2 unidades de shitake

• 2 unidades de shimeji

• 5 g de alga konbu

• 5 g de alga wakame

• 1/2 folha de alga nori

• 5 g de alga hijiki

• 50 ml de sake mirin

 

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e reserve por um dia. Leve ao forno baixo por 1 hora. Triture no moedor ou no liquidificador e guarde num vidro tampado na geladeira.

Sal aromatizado especial para carnes

 

Ideal para temperar a carne durante o preparo. Receita da nutricionista funcional Gabriela Maia, do Rio de Janeiro.

Ingredientes

200 g de sal marinho

1 colher de sopa de alho em pó

2 folhas de louro sem o veio central

1 colher de sobremesa de manjericão seco

2 colheres de sopa de mostarda em grãos

 

Modo de preparo

Bata no liquidificador todos os ingredientes menos o sal. Aos poucos, acrescente o sal até misturar bem. Coloque em um pote de vidro.

A diferença entre os tipos de sal

 

Conheça a diferença entre os diferentes tipos e acerte na escolha do tipo que mais combina com suas necessidades.

 

SAL MARINHO

Segundo a nutricionista Gabriela Maia, é a opção mais saudável para cozinhar. Explica-se: o produto não passa pelo processo de refinamento, garantindo em sua composição nutrientes como flúor, enxofre, cálcio, magnésio e iodo natural. E não contém aditivos, como o sal refinado – considerado o menos saudável –, que, além de perder todos os nutrientes originais, recebe antiumectantes para mantê-lo branquinho e solto.

 

SAL GROSSO

É um produto não refinado apresentado na forma que sai da salina, sem passar pelo processo de moagem. É tão saudável quanto o marinho, mas como tem grãos muito grandes não é adequado para o uso diário. “Em culinária, é muito usado em churrascos, assados de forno e peixes”, diz a nutricionista Luciana Harfenist.

 

SAL LIGHT

O produto tem 50% do cloreto de sódio substituído por cloreto de potássio. É indicado para quem precisa diminuir a ingestão de sódio, como os hipertensos ou portadores de insuficiência cardíaca. “Mas ele deve ser evitado por pessoas com problemas renais, que devem ter a ingestão de potássio regulada”, adverte a nutricionista Gabriela Maia.

 

bof-jul-44_02
Continua após a publicidade

Publicidade