Casa Created with Sketch.

Conheça a história do blog Bem Legaus

André Luiz Montejorge revela em entrevista como surgiu o seu trabalho com um dos blogs parceiros de mais audiência do Casa.com.br

abre-historia-blog-bem-legaus

 (/)

André Luiz Montejorge tem 43 anos e é publicitário. Há quase 6 anos decidiu criar um blog para reunir tudo o que ele encontrava de interessante na rede. “Eu recebia toneladas de e-mails que se acumulavam na minha caixa de entrada diariamente e eu sentia falta de um ‘filtro’ de coisas legais”, diz o blogueiro. Com a vontade de compartilhar novidades incríveis com os amigos, ele criou o Bem Legaus – um blog que, todos os dias, traz novidades do mundo do design, moda, sustentabilidade, geek e entretenimento. O blog superou as expectativas do seu criador e hoje é um sucesso de audiência ao reunir produtos curiosíssimos que instigam a criação e a vontade de ficar navegando nele por muito e muito tempo. Abaixo, leia a entrevista com ele na íntegra e veja uma galeria com alguns produtos destacados em seu blog.

 

1. Como começou a história do Bem Legaus? Há quanto tempo você tem o blog?

 

O Bem Legaus está para completar 5 anos e meio. Mas a ideia surgiu muitos anos atrás. Eu já havia criado um blog pessoal de fotos e depois um da minha família, pouco antes do nascimento do meu segundo filho. Claro que hoje parece fácil falar em Tumblr, Facebook e Twitter, mas nos anos de 2005, 2006, as coisas eram diferentes. Como o forte na troca de informações era o velho e bom e-mail, ele foi o grande gatilho para o blog realmente começar. Afinal, eram toneladas de e-mails que se acumulavam na minha caixa de entrada diariamente. Eu sentia falta de um “filtro” de coisas legais. Queria também encontrar um jeito de mostrar essas coisas para os meus amigos, sem entupir os e-mails deles, quebrando assim o ciclo de mensagens. O Bem Legaus então surgiu e de cara pareceu ser uma maneira bacana de compartilhar itens que eu gostava. Só que imediatamente comecei a ver que entre os e-mails interessantes, nem todos tinham informações (muitas vezes eram apenas fotos) ou nem sempre elas eram confiáveis e verdadeiras. Sendo assim, me senti na obrigação de buscar as fontes originais de cada e-mail que eu gostava e virei, sem querer, um pesquisador. Daí para descobrir sites e lojas interessantes, foi um pulo! Percebi que eu mesmo poderia achar coisas legais para postar. Assim eu teria a fonte correta, explicaria do meu jeito e quem quisesse ver, bastaria acessar o blog.

No comecinho, para divulgar, eu mandava e-mails com pequenas mensagens e charadinhas; tudo para instigar a curiosidade dos meus amigos. Até que ele caiu no gosto! Depois teve uma parceria com o Yahoo!, comecei a ganhar prêmios, reconhecimento, referências em sites grandes, passei a escrever para blogs de outros países, assinei colunas em jornais e revistas nacionais e enfim o blog “explodiu”…

Hoje tenho parceiros muito legais como a Abril, patrocinadores variados de menor porte e faço publieditoriais eventuais. Fui também “Embaixador da Volvo” representando a fabricante sueca através de posts e redes sociais durante o período que o projeto existiu.

 

2. Quanto tempo ele ocupa do seu dia?

 

Ah, isso depende muito! Antes eu perdia muitas e muitas horas, mas com o tempo fui desenvolvendo alguns métodos próprios. No meu computador tenho pastas e mais pastas  –  muito organizadas, diga-se de passagem – com links de lojas do mundo inteiro, sites de referência, blogs, etc. Outra coisa que aprendi com o passar do tempo foi controlar a ansiedade de “ter” que postar. Por um longo tempo esta espécie de obrigatoriedade realmente me consumiu. Eu chegava a sair de compromissos porque tinha que preparar os posts para o dia seguinte, sob vaias e xingamentos de amigos, claro. Precisei aprender a controlar o “vício”, o que foi bom. Hoje tenho bem clara a ideia de que posto única e exclusivamente por prazer. Não me obrigo a nada e nos finais de semana não faço posts.

 

3. O que é o mais bacana em ter um blog? Por que você acha que as pessoas gostam de ler notícias e novidades em blogs?

 

Eu gosto de ter o blog pelo puro e simples prazer de postar o que eu gosto, como eu quero, na hora que bem entendo e sem ter que dar satisfações a ninguém. Sempre faço questão de deixar claro que o Bem Legaus é um blog totalmente pessoal.

Eu realmente curto todo o processo de blogar: encontrar uma coisa que acho bem legal, escrever mentalmente e quase automaticamente o texto, brincar como quiser, mexer com as fotos no Photoshop, subir tudo, e enfim, adoro todo esse processo.O lado que eu também gostei de descobrir e que realmente me motiva muito é ver a quantidade de gente talentosa que existe em cada canto desse país. Criei a categoria “Bem Legaus Nacional” há alguns anos e sei que o blog ajudou muita gente a sair do chão, a ser conhecida e a exibir seu trabalho. E parodiando o comercial: isso não tem preço! Sem falar no incentivo que o Bem Legaus deu para gente que queria começar um negócio. Lojas virtuais então, sei de muitas que usaram o blog – e os produtos que garimpei – para iniciar um negócio online.

 

4. Quando você se interessou pelo tema decoração/design?

 

Acho que desde sempre! Sou publicitário, formado Chef de Cuisine, vivo num “meio de coisas legais”, trabalho com designers, tenho amigos artistas, desenhistas, arquitetos, decoradores, etc. O blog acabou ficando rotulado como de design e não creio que seja verdade. Pra mim a categoria dele sempre será a de “coisas legais”.

 

5. Você imaginava que o Bem Legaus faria tanto sucesso?

 

Não. Sinceramente nunca tinha imaginado que eu pudesse por exemplo, ganhar dinheiro com um hobby como ele.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s