Casa Created with Sketch.

Japan House apresenta o processo criativo do arquiteto Tsuyoshi Tane

A individual de Tsuyoshi Tane fica em cartaz entre 6 de agosto e 13 de outubro, expondo a relação entre arquitetura, passado e futuro

 (Mario Daloia/Casa.com.br)

A Japan House São Paulo, instituição que promove a cultura Japonesa na cidade, apresenta ao público o processo criativo do arquiteto Tsuyoshi Tane. “Tsuyoshi Tane | Arqueologia do Futuro – Memória & Visão” abre as portas hoje e fica em cartaz até 13 de outubro, com apoio da TOTO Gallery MA.

O segundo andar do centro cultural é ocupado pelo universo de Tane. Logo na entrada, o visitante se depara com um manifesto do arquiteto, que coletou resíduos de São Paulo e criou uma obra, que exalta as memórias da cidade. 

Manifesto de Tane sobre São Paulo

Manifesto de Tane sobre São Paulo (Mario Daloia/Casa.com.br)

Ao todo, 15 projetos estão expostos na Japan House. Entre eles, são 600 objetos, cinco maquetes de grande porte, modelos de estudo e diversos materiais e utensílios, que foram usados como objeto de estudo em cada um dos projetos.

As paredes são tomadas por cerca de 2.000 imagens, que também fazem parte do processo de trabalho de Tane. O nome “arqueologia do futuro” explica o trabalho do arquiteto apenas pelo nome: o profissional acredita que a arquitetura começa a partir da memória de um lugar. Por isso, o trabalho é semelhante ao de arqueólogos. 

A curadoria da exposição é feita pelo própria arquiteto e a disposição dos projetos têm o formato da pesquisa arqueológica feita por sua equipe. “Tane tem uma filosofia arquitetônica muito especial, buscando a criação de lugares, e não de espaços simplesmente funcionais ou vazios. Lugares com memória e sentido, com capacidade para melhorar o futuro”, diz Natasha Barzaghi Geenen, Diretora Cultural da Japan House São Paulo.

 (Mario Daloia/Casa.com.br)

Um dos destaques da exposição é o projeto do Museu Nacional da Estônia, iniciado em 2006 e finalizado em 2016, ao lado dos sócios Dan Dorell e Lina Ghotmeh. A obra é um prolongamento dos restos de uma pista de pouso soviética, ressignificada pela intervenção do arquiteto. Todos os detalhes chamam a atenção das maquetes: a fidelidade às formas do projeto, os detalhes das janelas e do interior do museu e, também, as mini pessoas de metal.

Projeto do Museu Nacional da Estônia

Projeto do Museu Nacional da Estônia (Propaganda DGT/Casa.com.br)

“Escavo o passado para encontrar memórias que estão embutidas em lugares. É um processo de descobertas que constrói o futuro e, é isso que impulsiona nossa curiosidade. A partir do encontro com as memórias do local que foram esquecidas, apagadas ou desaparecidas pela modernidade, nascem os conceitos que conectam para futuro”, relata Tane.

Serviço “Tsuyoshi Tane | Arqueologia do Futuro – Memória & Visão”

Quando?

De 06 de agosto à 13 de outubro
Terça-feira a Sábado: das 10h às 20h
Domingos e feriados: das 10h às 18h

Onde?

Japan House São Paulo
Avenida Paulista, 52

Quanto?

Grátis

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s