Exposição imersiva de Da Vinci inaugurará novo espaço do MIS

Inspirado no Atelier des Lumières, o MIS Imersão vai homenagear os 500 anos da morte do artista em sua primeira mostra

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 15h59 - Publicado em 19 jul 2019, 12h17
Divulgação/Casa.com.br

Ei, amante da arte! Se você está meio para baixo e hoje é um daqueles dias sem graça, não desanime. Nós do Casa.com.br viemos alegrar a sua vida com uma super notícia – ou melhor, duas!

O Museu de Imagem e do Som de São Paulo vai inaugurar um novo espaço de experiências artísticas, o MIS Imersão. Inspirado no Atelier des Lumières – um galpão de uma antiga fábrica de 3,3 mil m² em Paris que promove exposições imersivas – a novidade no Brasil chega em grande estilo: com uma mostra inédita de Leonardo Da Vinci em homenagem aos 500 anos de sua morte.

Exposição imersiva de Van Gogh no Atelier des Lumières, em Paris. Divulgação/Casa.com.br

Primeiro espaço totalmente imersivo na América Latina, a versão brasileira do museu francês terá 2.000 m² e 150 projetores.

Sua primeira exposição, que inaugura em outubro, terá duração de 45 minutos e réplicas de arte renascentista do pintor italiano, incluindo seus esboços anatômicos, invenções e manuscritos.

Continua após a publicidade

Divulgação/Casa.com.br

Segundo o novo diretor-geral do museu, Marcos Mendonça, o MIS Imersão ficará situado em uma antiga marcenaria da TV Cultura, no bairro da Água Branca.

Nós estamos vivendo o mundo da imagem, o mundo do som, e o museu é exatamente isso: o Museu da Imagem e do Som. Em consonância com o que acontece no mundo, ele pode estar desenvolvendo uma série de ações”, disse Mendonça durante a anunciação da novidade.

“Ele já vem desenvolvendo ações muito positivas, mas ele pode desenvolver ações mais fortes, que podem ganhar uma outra dimensão. O MIS tem que se espalhar no Estado de São Paulo”, declarou o diretor-geral.

A programação e a data de exibição ainda não foram divulgadas.

Continua após a publicidade

Publicidade