Casa Created with Sketch.

Oscar Niemeyer: retrofit da Casa de Chá, fechada há quase 20 anos

Sob comando do escritório Bloco Arquitetos e Samuel Lamas, a casa recebe peças contemporâneas sem deixar de honrar o passado

 (Haruo Mikami/Divulgação)

Localizada na cidade de Brasília, a Casa de Chá foi desenhada por Oscar Niemeyer na década de 1960, como mais um dos projetos de fundação da capital federal.

Com a intenção original de ser um local de encontro e descanso, a casa servia também como centro de informações turísticas para quem transitava pela Praça dos Três Poderes. Apesar de popular entre os anos de 1970 e 1980, o lugar se tornou obsoleto por quase 20 anos devido a interferências políticas e ausência de arrendatário – até agora.

Sob o olhar e cuidados do Bloco Arquitetos e Samuel Lamas, a obra de Niemeyer ganhou uma revitalização capaz de, ao mesmo tempo, honrar o passado e fornecer ao espaço peças e designs contemporâneos.

 (Haruo Mikami/Divulgação)

Parcialmente afundado no subsolo, o edifício de 250 m² possui paredes envidraçadas e um telhado branco saliente. Com o retrofit, o mármore branco dos pisos e paredes foram revitalizados, os caixilhos das janelas limpos e os tetos e pilares repintados com cores do design original.

Todo do Lamas, o mobiliário tem como objetivo complementar a arquitetura. Nesse sentido, o ferro preto foi combinado com materiais quentes, como madeira e couro, enquanto tons de pêssego, amarelo e castanho conferiram uma maior suavidade à atmosfera.

 (Haruo Mikami/Divulgação)

No geral, o mobiliário busca ser leve e aerodinâmico, ao mesmo tempo em que é robusto o suficiente para receber visitantes diários. “O uso da geometria e formas puras são exploradas nos produtos”, conta a equipe.

“Com simplicidade e raciocínio arquitetônico, os móveis possuem delicados perfis metálicos que atingem a máxima luminosidade sem comprometer a funcionalidade”, completa.

Confira mais fotos do projeto na galeria abaixo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s