Casa Created with Sketch.

Tinta azul rejuvenesce piso de tacos antigos

Os tacos que reinavam nesta sala continuam lá, sob seis demãos de tinta. Veja como se fez a pintura

01-tinta-azul-rejuvenesce-piso-de-tacos-antigos

 (Reprodução/Casa.com.br)

Do piso de tom marfm, restou apenas uma discreta silhueta. Agora oculto embaixo de várias camadas de azul, ele rejuvenesceu. “Em Paris, nos anos 70, era comum os jovens tingirem o chão de madeira dos imóveis recém-alugados de forma a disfarçar o desgaste. Além de dar cor, o truque fcava mais em conta do que recuperar o assoalho original”, conta Alain Brugier, fotógrafo francês radicado no Brasil e autor desta ideia, realizada no living de seu apartamento, em São Paulo. A falta de produtos específcos para esse fim não assustou Alain, que investiu no epóxi à base de água. “Ele é adequado ao uso em madeira, mas dê atenção extra ao lixamento, etapa fundamental para fornecer uma superfície livre de elementos que podem impedir a perfeita aderência da tinta e causar manchas e desplacamento”, conta José Humberto Souza, gerente de assistência técnica da Sherwin-Williams. Abaixo, quatro dicas para obter um resultado tão lindo quanto o da foto acima.

 

1. Preparo cuidadoso: antes de começar o trabalho, lixou-se o piso, eliminando verniz e cera acumulados. Com o revestimento natural cru, uma boa limpeza deu fim aos vestígios de pó.

2.  Ajustes necessários: a pressão da lixadeira tirou alguns tacos do lugar. “Parafusei as peças frouxas no contrapiso e, assim, assegurei que não soltassem mais”, detalha Alain.

3. Cobertura garantida: até atingir a tonalidade desejada, foram seis demãos de tinta epóxi (Sherwin-Williams, Novacor epóxi base D’Água, ref. 21), aplicadas com rolo. O galão de 3,6 litros (rende entre 40 e 50 m²) tem preço médio de R$ 180. Outra alternativa é a Esmalcor, da Solventex, que vale R$ 58 o galão de 3,6 litros e cobre de 25 a 30 m².

4. Manutenção simples: bastam vassoura macia e um pano quase seco. Quem quiser voltar atrás, no entanto, precisará encarar outra rodada de lixamento – e, dependendo da espessura, o assoalho talvez não resista ao processo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Gabriela Felgueiras

    Piso de Madeira
    Raspagem e renovação
    http://www.aplicadoraeuropa.com.br

    Curtir

  2. APLICADORA EUROPA

    Devia ter transparência na tinta para preservar os veios da madeira .
    http://www.raspagem-de-tacos-assoalhos-aplicacao-sinteco-bona-cascolac-sp.com/

    Curtir