Piso de madeira: qual a diferença entre chevron e espinha de peixe?

Os pisos em zigue-zague, feitos principalmente em madeira, são muito usados para aquecer a casa. Confira nossa galeria de ambientes para entender suas diferenças

Por Débora Fernandes Atualizado em 20 dez 2016, 23h11 - Publicado em 12 jul 2016, 14h30

Você conhece os pisos em zigue-zague? Populares por serem uma alternativa charmosa aos tacos de madeira instalados paralelos, eles existem em três disposições. Assim, surge a dúvida: qual a diferença entre elas?

As instalações desses pisos se dividem entre espinha de peixe, escama de peixe e chevron. Consultamos as arquitetas Andrea Lucchesi, Carolina Razuk e Merê Esteves, da Mestisso Arquitetura & Interiores, para desvendar as particularidades de cada um.

piso-de-madeira-qual-a-diferenca-entre-chevron-e-espinha-de-peixe

Os dois primeiros são muito parecidos. A espinha e a escama de peixe são formadas por placas de madeira intercaladas, encaixadas para desenhar o padrão. A grande diferença entre ambos é o alinhamento. Enquanto a espinha de peixe segue a direção das paredes, a escama é colocada em outro ângulo, diagonal ao ambiente.

O chevron também é definido a partir da criação um zigue-zague no piso. O que o torna único é seu recorte. Os tacos não são encaixados, como nos outros dois exemplos, e sim recortados para se encontrarem e formarem continuidade à mesma linha.

Não entendeu? Confira nossa galeria de ambientes para acabar com a dúvida de uma vez por todas!

Continua após a publicidade

Publicidade