Janelas de vidro, policarbonato e acrílico: qual a diferença?

A leitora de MINHA CASA quer saber quais são as diferenças entre estes três tipos de janelas e também questiona porque se usa mais o vidro.

Por Da redação Atualizado em 14 dez 2016, 12h12 - Publicado em 14 dez 2013, 17h06
61 Uma questão de transparência

Quais as diferenças entre as janelas de vidro, policarbonato e acrílico? Por que se utiliza mais o vidro? Gilmar Santos, Salvador

Não é à toa que o vidro é a opção preferencial. “Transparência perfeita e resistência à abrasão são seus grandes méritos”, afirma a arquiteta Amélia Castro (tel. 71/3248-5585), de Salvador. Policarbonato e acrílico também podem ser translúcidos quando novos, mas a tendência é de se tornarem opacos com o tempo. “São materiais mais suscetíveis a riscos”, explica Leonardo Sasazaki, vice-presidente da Sasazaki (tel. 14/3402-9922), fabricante de portas e janelasde Marília, SP. Além disso, o vidro tem melhor desempenho termoacústico. “É preciso considerar a espessura das chapas, mas, comparando peças de medidas iguais, o vidro tem maior poder de isolamento”, diz Paulo Cesar, gerente de vendas da Vidraçaria Senne Box (tel. 14/3523-8698), de Lins, SP. Segurança é o ponto forte do acrílico, que não estilhaça, por isso é usado em corrimãos e guarda-corpos. Já o policarbonato, o mais resistente dos três, está presente em janelas de avião e em sistemas de blindagem.

Publicidade