Inspiração do dia: sala texturizada repleta de quadros

A morada do fotórgrafo Marcelo Penna em São Paulo conta com peças de coleção e uma decoração eclética assinada pelo seu tio, Roberto Negrete

Por Mariana Bruno Atualizado em 19 jan 2017, 15h53 - Publicado em 29 abr 2016, 19h08
01

Recheada com móveis clássicos do século 20, a casa do fotógrafo Marcelo Penna, em São Paulo, tem a decoração assinada por seu tio, o designer de interiores Roberto Negrete. Eclética, a morada de 250 m² combina peças como a poltrona Paulistano, de Paulo Mendes da Rocha, com uma mesa de centro feita de caixas de feira. Um dos desejos de Marcelo era expor o acervo que vem colecionando, assim como suas próprias fotografias – um ótimo exemplo é o arranjo da sala. “Sinto que faz parte do ciclo de vida da fotografia terminar impressa e pendurada”, explica. Ali, seixos rolados texturizam a parede, que conta com um móvel vermelho desenhado por Negrete, além da luminária Tizio, da Artemide. Na coleção, uma tela de Tomie Ohtake faz companhia para o par de poltronas Paulistano e o sofá.

02

Confira mais detalhes aqui.

Continua após a publicidade

Publicidade