Casa em SP foi reformada para abrigar uma confraria de gastronomia

A casa paulistana foi reformada para acolher uma confraria dedicada a cozinhar, comer e celebrar

Por Reportagem visual Mayra Navarro | Fotos Adriano Escanhuela Atualizado em 20 dez 2016, 17h56 - Publicado em 28 ago 2014, 22h21
01-cozinha-industrial-bancada-marmore-porcelanato

Eles vão e vêm entre pias, fogões e uma grande mesa de jantar, distribuídos no espaço integrado de 150 m2. É uma terça-feira, dia em que 18 homens se encontram na casa alugada e restaurada para sediar a confraria Amigos de Babette, referência ao premiado filme dinamarquês A Festa de Babette, de 1987. “É como uma irmandade”, defne o arquiteto e atual presidente do grupo, Luis F. De Lucia, autor do projeto que adequou o imóvel residencial às necessidades da associação, fundada há 25 anos. Paredes vieram abaixo, e a área gourmet ganhou uma bancada em L de 65 cm de largura. Em cada reunião, alguns membros preparam o menu enquanto os demais fumam charuto e conversam sobre receitas e vinhos. Ao final, uma salva de palmas para os chefs da vez.

Publicidade