Casa Created with Sketch.

7 dúvidas de quem quer um closet, mas não tem muito espaço

O closet não precisa ser sempre aquela sala exclusiva e enorme, cheia dos armários. Confira 7 dicas para conseguir ter um em casa quando o espaço não ajuda

05-duvidas-sobre-closets-respondidas-por-especialistas

 (/)

Quando pensamos em closets sempre imaginamos aquelas salas enormes, cheias de armários, prateleiras e espelhos — digna de Carrie Bradshaw em Sex and the City. Nem sempre é assim: na maioria das vezes, o espaço é diminuto. Mas há várias opções para fazer um closet em casa quando a metragem não colabora. Vale investir em um espaço sem portas, divisórias e papel de parede. Confira abaixo as principais dúvidas de quem quer ter um.  

1. Qual a metragem ideal para um closet?

Para calcular o espaço a reservar, leve em conta que prateleiras e cabideiros para roupas deverão ter de 55 a 65 cm de profundidade. Já a parte destinada aos sapatos requer 45 cm de profundidade. Lembre-se ainda da circulação interna: você precisará de uma área de 80 cm a 1 m de largura para se movimentar dentro do closet. Pense também no layout – armários acompanhando a parede ou no formato de L, por exemplo. Com essas informações em mãos, demarque uma área com fita crepe no piso para ter uma ideia do espaço que o closet ocuparia e avalie se ele é realmente viável.

2. Organizadores e mais organizadores

Apostar em acessórios como colmeias, divisórias e ganchos ajuda não somente a deixar o closet mais organizado, mas também provê um melhor aproveitamento do espaço existente – assim, você consegue guardar mais coisas num mesmo espaço, mas sem comprometer o conforto.

3. Como organizar os sapatos?

Priorize: o que usa mais fica à mão e, o que usa menos, nas prateleiras de cima, ou guardado embaixo da cama ou em caixas. Depois, há três opções de organização: um sapato ao lado do outro; um sapato virado para frente e o outro para trás, um ao lado do outro; e, se houver espaço, um sapato na frente do outro, assim somente um fica visível.

4. Qual o melhor tipo de porta?

Opte pelas portas de correr e evite puxadores, que podem prejudicar a passagem ou mesmo machucar – é melhor pensar em modelos embutidos do tipo calha. Uma solução que sempre funciona são as portas espelhadas: permitem que você confira o look do dia antes de sair de casa e ainda dão a sensação de amplitude ao ambiente.

Consultores: decoradora Betty Neumann, tel. (11) 3826-8647, São Paulo, arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli, tel. (11) 3045-1859, São Paulo, e arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Claudio Souza, tel. (71) 3495-2724, Salvador.

5. Já pensou em cortinas?

Uma opção mais econômica, você pode usar uma cortina franzida para fechar o móvel. Ficaria ótimo um modelo de linho liso ou de poliéster não transparente, preso num trilho suíço com pregas do tipo macho ou fêmea.

Consultores: decoradora Betty Neumann, tel. (11) 3826-8647, São Paulo, arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli, tel. (11) 3045-1859, São Paulo, e arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Claudio Souza, tel. (71) 3495-2724, Salvador.

6. É possível dar a impressão de que o closet é maior com papel de parede?

É melhor escolher modelos com pouca informação visual ou desenhos pequenos. Uma opção bacana são os papéis texturizados, sem imagens. Nessa linha, há os que imitam couro, seda ou palha, ótimos para criar a sensação de aconchego. Você também pode lançar mão de alguns truques que ajudam a equilibrar visualmente o espaço. Um deles é aplicar o papel do piso até a altura da porta e manter o restante da alvenaria branca, ou cobrir esse trecho menor com revestimento de outra padronagem. Escolha tons em harmonia com a cartela de cores da casa, evitando que sejam contrastantes com o armário: se o móvel for claro, siga a mesma linha. Também pode-se aplicar textura do tipo microcimento. Para arrematar com graça, instale ganchos charmosos para bolsas, lenços, colares e outros objetos.

7. Lembre-se da ventilação e iluminação

“Quando o closet é ventilado e iluminado naturalmente é importante que os armários tenham portas que protejam as roupas, pois o sol pode desbotar e o vento deixa-las empoeiradas”, diz a designer de interiores Patrícia Covolo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s