Estas dez obras arquitetônicas são perfeitas para um casamento

Que tal dizer o tão esperado sim dentro de espaços gloriosos projetados pelos arquitetos mais talentosos do mundo, como Frank Lloyd Wright e Moshe Safdie?

Por Jennifer Detlinger 28 jul 2017, 11h00

Entre as muitas escolhas a serem feitas antes de um casamento, uma das mais importantes, sem dúvida, é o lugar da festa. Um cenário espetacular faz do grande dia ainda mais memorável e importante, além de ser a base para muitas outras decisões — desde o cardápio até o vestido. Para quem ama arquitetura e design, um lugar belíssimo nessa data pode ser a representação de tudo pelo que o casal é apaixonado, além de ostentar uma decoração surpreendente para os convidados.

Desde construções monumentais urbanas até capelas intimistas, estes lugares têm interiores tão impressionantes quanto seus valores culturais e artísticos — e ainda ajudam os fotógrafos com imagens dramáticas e especiais. Se você planeja seu casamento ou apenas quer dar uma baita festa, estes dez lugares selecionados pelo Architectural Digest podem servir bem como inspiração:

Getty/Architectural Digest

1- Criada pelo arquiteto Hiroshi Nakamura, a Ribbon Chapel, em Hiroshima, no Japão, foi construída com duas rampas em espiral que se entrelaçam, simbolizando o ato do casamento. Os noivos desfilam separados por cada uma  delas até chegarem ao topo e se encontrarem, em um momento de êxtase e intimidade.

Getty/Architectural Digest

2- O Middleton Place, perto de Charleston, na Carolina do Sul, nos EUA, é a casa dos jardins paisagísticos mais antigos do país. Os jardins foram definidos a partir dos princípios de André Le Nôtre, paisagista dos jardins do Palácio de Versailles e de Vaux-le-Vicomte, na França. O lugar inclui um antigo museu que hoje dá lugar para o salão de festas e hoje faz parte das Paisagens Históricas Estadunidenses.

Getty/Architectural Digest

3- Nunca imaginou fazer seu casório em uma prefeitura? Repense. A Prefeitura de Belas Artes de São Francisco, que foi desenhada pelo arquiteto Arthur Brown, tem um belíssimo salão principal de quase cem metros de altura.

Getty/Architectural Digest

4- Em Nova York, mais precisamente no Museu Guggenheim, o salão Ronald O. Perelman oferece um belo cenário para dizer “eu aceito”. O espaço acomoda 230 pessoas para um jantar sentado, ou, se você for muito popular, até 1000 pessoas para uma recepção.

Getty/Architectural Digest
Continua após a publicidade

5- Desenhada por Frank Lloyd Wright, a Wayfarer’s Chapel, em Palos Verdes, na Califórnia, mistura uma arquitetura orgânica e natural com vistas expressivas da floresta e do Oceano Pacífico.

Getty/Architectural Digest

6- O Museu de Arte Moderna Crystal Bridges abre seus espaços criados por Moshe Safdie para comemorações. Os convidados podem andar pelas galerias e exposições, enquanto os pombinhos tiram fotos com os Ozarks no fundo ou com a escultura de amor de Robert Indiana, no jardim de trás.

Getty/Architectural Digest

7- A Biblioteca George Peabody, em Baltimore, EUA, apresenta a estonteante Stack Room que é rodeada por cinco andares repletos de histórias guardadas pelas varandas de ferro fundido. O espaço acomoda 200 pessoas sentadas ou 170 com pista de dança.

Getty/Architectural Digest

8- Você também pode dizer o seu “aceito” no topo da escadaria do Museum de Artes da Filadélfia. Os mais aventurosos podem ainda subir correndo no melhor estilo Rocky Balboa.

Getty/Architectural Digest

9- Já para os que não conseguem decidir entre um espaço rústico e rural ou um mais sofisticado e moderno, a opção é o celeiro em Falling Water. Mesmo que essa casa em si não abra para a festa, o casal pode se locomover poucos quilômetros para o espaço de eventos desenhado por Bohlin Cywinski Jackson.

Getty/Architectural Digest

10 – Além dos mosaicos e teto esculpido, o Centro Cultural Preton Bradley Hall, em Chicago, também abriga o maior vitral em domo do mundo. O espaço tem visão do Millenium Park e acomoda até 700 pessoas para um coquetel.

Continua após a publicidade

Publicidade