Dicas para esconder os fios dos aparelhos eletrônicos

Para evitar o quebra-quebra de paredes, profissionais ensinam formas criativas de organizar a fiação

Reportagem Visual Paulo Lagreca Texto Claudia Nogueira Fotos Cacá Bratke

Um dos desafios da decoração é camuflar cabos de equipamentos eletrônicos e de redes de dados. O ideal é prever toda essa infraestrutura no projeto de arquitetura.

Mas como fazer se a casa já está decorada? Nesta matéria, você irá conhecer soluções para resolver esse incômodo. Saiba também como diminuir a quantidade de fios em casa.

Divulgação
Por três orifícios na parte posterior do móvel, entram os fios dos equipam...
Por três orifícios na parte posterior do móvel, entram os fios dos equipamentos do home theater. Em um vão atrás da TV, se concentram as tomadas.
.
Fechar

Percurso dos cabos: Computador, TV a cabo, home theater e videogame compõem um arsenal comum a muitas casas, onde as pessoas vivem, se divertem, trabalham e se conectam com o mundo. Quem prevê seu repertório eletroeletrônico na etapa do projeto arquitetônico se livra de uma miríade de fios e cabos aparecendo aqui e acolá. O problema é disfarçar a fiação quando não se está em fase de construção ou grande reforma. "Especialmente nesse caso, vale a pena explorar recursos de marcenaria e de gesso", diz o arquiteto Flávio Butti. "É importante que o cliente deixe claro quais os equipamentos que pretende ter e onde deseja instalá-los", explica. O ideal é que um arquiteto, com o auxílio de um especialista em eletricidade, trace o layout do ambiente a fim de prever o caminho mais apropriado dos fios. "Tudo depende de avaliação profissional. Se há vigas e pilares, por exemplo, pode ser traçada uma rota alternativa."

Espaços aproveitados

Ambientes multiúso, como home theaters e escritórios integrados a salas de estar, merecem atenção especial para que os fios não comprometam o visual do local e os equipamentos funcionem adequadamente. "Caixas de som simétricas e a comunicação do subwoofer com o receiver são detalhes acústicos que precisam ser levados em conta", afirma Butti. Áreas pequenas são as maiores beneficiadas de projetos orientados por um profissional. "O espaço se torna bem aproveitado", diz a arquiteta Mariza Vanzella. "Além disso, o planejamento da área, baseado nas especificações dos equipamentos, proporciona mais conforto ao morador", completa Mariza. Se por outro lado a ideia é disfarçar fiações, o design cada vez mais interessante dos produtos é uma vantagem. Com formas e tons arrojados, ele pode se tornar um aliado da decoração e valorizar a casa.

Cuidados

Vários fatores contribuem para que se possa usufruir plenamente da capacidade dos equipamentos tecnológicos de uma casa. "Um deles é utilizar cabeamentos de conexão adequados", diz Daniel Lima, diretor da Avantime, especializada em automação residencial. Entre os erros mais comuns, o profissional destaca a falta de espaço nos móveis para a refrigeração dos aparelhos.

Curta o CASA.COM.BR no Facebook

-->