Portinari ganha retrospectiva digital com mais de 5 mil obras

O Google Arts & Culture reuniu diversas obras do pintor brasileiro para garantir uma exposição virtual imersiva e completa

Por Evelyn Nogueira Atualizado em 17 fev 2020, 16h04 - Publicado em 6 jun 2019, 14h49
Candido Portinari Google/Casa.com.br

Pela primeira vez, o Google Arts & Culture – site mantido pelo Google em parceria com museus, que oferece visitas virtuais a galerias de arte – faz uma retrospectiva dedicada a um artista brasileiro, em união com mais seis instituições culturais. Candido Portinari, um dos mais importantes nomes da história nacional, foi eleito para receber esta homenagem.

Mais de cinco mil obras de arte foram digitalizadas, além de cerca de 15.000 cartas e documentos do arquivo pessoal do artista, e distribuídos em vinte exposições virtuais. Portinari: O Pintor do Povo é o resultado de uma extensa parceria e colaboração entre museus e instituições culturais lideradas pelo Projeto Portinari, fundada por João Candido Portinari, filho do pintor.

“Café”, de Candido Portinari Google/Casa.com.br

Vida e obra de Portinari são abordadas de forma inédita nesta incrível exposição. Quem visitar o acervo digital poderá conferir inclusive o manifesto-carta para Rosalita, uma amiga do artista da época. No documento, Portinari descreve as cores e as realidades do país.

Além de detalhes das pinturas, o Google ainda criou um tour, em Street View, na casa do artista em Brodowski, no interior de São Paulo. O internauta que acessar o link poderá conferir de forma imersiva espaços e exemplos da rotina de Portinari. O internauta também poderá conferir pelas telinhas as obras Guerra e Paz, em exibição no prédio das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Continua após a publicidade

“Guerra” e “Paz”, expostas no prédio das Nações Unidas. Google/Casa.com.br

Uma das novidades é a captura em altíssima resolução, com gigapixels, pela Art Camera do Google. É possível observar o detalhe e a direção das pinceladas de Portinari. Destacam-se as obras O Mestiço, de 1934, Lavrador de Café, do mesmo ano e Café, de 1935. Além de ver as pinturas de perto, o Google ainda disponibiliza uma série de informações sobre cada uma delas.

A retrospectiva do artista ocorre em um momento importante para a história da arte, onde um extenso acervo é digitalizado e democratizado, tornando-se um pouco mais acessível para o público. O objetivo do Google é expandir a história do Brasil, através da arte de Portinari, em escala mundial, celebrando o talento regional.

Carta Palaninho Google/Casa.com.br

Para mergulhar nessa retrospectiva digital, clique aqui!

Continua após a publicidade

Publicidade