Lei deve incentivar o uso de energia solar em São Paulo

O programa tem como objetivo ampliar a energia solar, com instalação de sistemas de energia fotovoltaica em comunidades

Por Evelyn Nogueira Atualizado em 17 fev 2020, 16h01 - Publicado em 5 jul 2019, 14h40

Uma nova lei em São Paulo incentivará o uso da energia solar na cidade. Prevista para vigorar até 2020, o programa ampliará a energia solar na matriz energética do Estado, com instalação de sistemas de energia fotovoltaica em comunidades indígenas, caiçaras e dispersas das redes de transmissão de energia elétrica.

Reprodução/Casa.com.br

Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), atualmente o Brasil produz menos de 1% deste tipo de energia. Enquanto não houver algum tipo de incentivo, o número ficará estagnado.

O PL 672/2018 foi protocolado pelo deputado Gil Lancaster, na Assembleia Legislativa de São Paulo. Na Câmara dos Deputados, o projeto 10370/2018 está em discussão e prevê uma política Nacional para o uso da energia solar.

Reprodução/Casa.com.br

A energia solar é benéfica pois, além de renovável e inesgotável – ao contrário de combustíveis fósseis, exige uma instalação rápida e tem sistema silencioso. Infelizmente, o custo para viabilizá-la ainda é alto – por isso, o incentivo daria descontos a quem usasse. O Brasil é um excelente mercado para o uso e aproveitamento da energia solar devido às grandes áreas com radiação solar incidente.

Continua após a publicidade

Publicidade