Casa Created with Sketch.

Sesc SP inaugura exposição que conta História do Food Design

Descubra algumas curiosidades (e pratos) que serão expostos na mostra "Como Penso Como", organizada no Sesc Pompeia, em São Paulo, e aberta nesta sexta, 9 de agosto

O Sesc Pompeia, de São Paulo, irá inaugurar sexta-feira, 9 de agosto, a mostra “Como Penso Como”, da artista e food designer Simone Mattar. Com instalações multimídias, o evento abordará como o homem se relaciona com a comida e todos os significados que ela adquiriu ao longo da História, desde os rituais ancestrais à gastronomia internacional do século 21. “A meu ver, as grandes questões das artes culinárias envolvem pensamentos teóricos aplicados à humanidade em um sentido muito amplo: a globalização e o acesso às informações; o crescimento de grandes marcas em um sentido mundial; a televisão e a internet promovendo o acesso a tudo; o ingrediente encontrado em todas as épocas do ano”, declara Simone Mattar, mencionando discussões atuais relacionadas à comida.

A exposição é composta por três principais espaços. O primeiro é o Lightlock Sensorial, uma antessala onde o visitante tem seus sentidos acordados por estímulos visuais, olfativos e sonoros que remetem à cultura brasileira, como o cheiro de bolo assando e o de café fresco que se misturam ao som de manteiga derretendo na frigideira. Em seguida, vem o espaço Bolo de Rolo e Ilhas de Conteúdo, um galpão onde está uma sala em forma de espiral, construída com 25 metros de tecido bordado com a identidade visual da exposição, baseada nos balangandãs; no interior da sala, dois filmes contam a História do food design. Finalmente, o último espaço, a Experiência de Degustação, é para degustação, onde, em duas refeições diárias, trinta pessoas podem experimentar nove pratos. “A riqueza étnica e cultural brasileira propicia a criação de uma mesa ampla, com pratos produzidos por culturas locais ou influenciadas por diferentes etnias. Eles redundam em uma mestiçagem em que não há limites nem territórios, resultando em um verdadeiro banquete antropofágico”, diz Simone. Na galeria a seguir, você confere pratos que compõem o cardápio da exposição.

Serviço:

Caso queira visitar a mostra, ela estará aberta entre os dias 9 de agosto e 8 de setembro. A experiência gastronômica será realizada de quarta-feira a sábado em dois horários, 18h e 21h. Aos domingos e feiados, 13h e 16h. De cada horário, apenas 30 pessoas podem participar (os ingressos para a experiência gastronômica custam R$ 50,00 para frequentadores, R$ 25,00 para usuários e R$10,00 para comerciários). Quem quiser visitar a mostra e não degustar, poderá fazê-lo de terça a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 19h. A entrada é gratuita.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s