Casa Created with Sketch.

Seja chic! 10 mandamentos para não cometer gafes neste Natal

Consultores de etiqueta dão dicas de como evitar gafes em festas de final de ano

ceia

 (/)

Entra ano e sai ano e algumas gafes sempre estão presentes na noite do Natal. É o tio fazendo a eterna piada do “é pra ver ou pra comer?”, a tia fazendo a típica pergunta sem-noção aos sobrinhos, “e as namoradinhas?”, a prima piriguete usando uma saia que mais combina com carnaval do que com dia santo. Para ajudá-lo a não fazer feio no Natal, conversamos com dois consultores de etiqueta, Fábio Arruda e Célia Leão, e fizemos um decálogo de como ser chic na noite. Siga nossas dicas e deixe até o Papai Noel de queixo (e barba) caído.

1 Convite: como evitar saias justas

Com antecedência, passe algumas informações aos seus convidados: o que será servido, como será o clima da festa etc. Isso fará com que as pessoas se preparem adequadamente à festa. “Se você for servir a ceia 0h, como é tradicional em muitas famílias – mas não obrigatório -, avise os convidados para que eles não passem fome até este horário”, diz a consultora de etiqueta Célia Leão.

2 Gorjeta: reconheça o trabalho de quem está ao seu lado

Ser chic também está relacionado a reconhecer o valor de quem trabalha para contribuir com seu bem-estar, então, presenteie – como forma de gratidão – profissionais que estão ao seu lado cotidianamente. “Dar gorjeta a um porteiro, secretário ou padeiro, por exemplo, é uma forma de gratidão. Para esses profissionais, não é deselegante dar dinheiro, já que é uma forma de oferecer a ele a oportunidade de escolher como gastar aquele valor. Ele poderá comprar o que quiser. Às vezes, a gente procurar humanizar o ato de dar dinheiro e faz um cartão com um Feliz Natal ou dá um panetone juntamente com a gorjeta”, afirma Fábio.

3 Ceia na casa de amigo: quem presentear?

Foi convidado para uma ceia na casa de um amigo ou namorado e não sabe quem presentear? “É fundamental presentear os donos da casa, que foram as pessoas que o convidaram”, diz Célia. Também é importante dar mais atenção às crianças e pessoas idosas. “No caso de crianças, presenteie todos com itens semelhantes para não demonstrar grau de preferência e ser deselegante”, afirma Fábio Arruda. Aliás, se alguém presentear com algo caro, procure não fazer comparações: cada um dá o presente que cabe no bolso.

4 Cartão digital ou carta?

Enviar um recadinho de Natal, física ou digitalmente, sempre é uma atitude elegante. Receber boas-vibrações nunca é demais. “Graças à comunicação eletrônica, o hábito de enviar cartões tem diminuído vertiginosamente. Se tiver a disposição de escrever um cartão físico e enviá-lo, faça isso! Nada substitui o correio, a mensagem escrita, o envelope. Não é errado enviar cartão digital, mas o efeito de um físico é muito mais emocionante”, defende o consultor Fábio Arruda. No entanto, há uma regra fundamental: retribua a mensagem recebida. Se o cartão chegou muito próximo à data, envie uma mensagem com votos para o ano novo – jamais deixe de reconhecer e agradecer.

5 Amigo-secreto: presente de acordo com grau de intimidade

Estipule um valor mínimo e máximo para o presente e, se resolver dar algo caro, saiba que pode receber algo que custe o valor mínimo. “É importante que as pessoas saibam que amigo secreto é uma brincadeira e que é presente nada mais é do que um canal para transmitir carinho. Ainda que o presente não lhe agrade, agradeça e tenha a sensibilidade de vê-lo como um modo de transmitir bons sentimentos”, afirma a consultora de etiqueta Célia Leão. “O grau de intimidade do presente deve ser proporcional ao grau de intimidade que você tem com a pessoa a quem vai presentear. Então, nada de dar uma lingerie a uma amiga do trabalho quase desconhecida”, sugere Fábio Arruda. Ele emenda que uma dica para valorizar seu presente é caprichar no embrulho: nada como uma boa embalagem para agregar valor a um item garimpado em promoção!

6 Vale-presente… Só se for para jogar no lixo

Dar um vale presente é como dar uma cédula de dinheiro. Evite. “É algo muito impessoal e demonstra falta de interesse para com a pessoa presenteada. Geralmente, em amigos secretos virtuais, por exemplo, é possível dar dicas dos presentes que você gostaria de ganhar. Aproveite essa oportunidade e fuja dos vale-presentes”, diz Célia.

7 Decoração: a mesa dos sonhos

“Decore a casa com o seu estilo. O importante é que toda comemoração tenha a cara dos anfitriões. Isso deve nortear a decoração e o que será servido”, afirma a consultora Célia Leão. Já Fábio Arruda sugere que a decoração seja planejada com antecedência para evitar excessos. “Pode soltar a franga, desde que isso passe a personalidade dos anfitriões e deixe à vontade os convidados. Só não pode colocar, durante toda a noite, um papai-noel que atormenta os visitantes”, ele afirma.

8 Guarda-roupa: não faça a piriguete

Natal é uma festa familiar, então, nada de fazer a piriguete. “Não vale decote ou saia curta. É preciso lembrar que você não está indo a uma balada”, diz o consultor Fábio Arruda. “É importante perguntar, com antecedência, como será o clima da festa: se será algo mais simples ou requintado. Elegância também tem a ver com adequação”, Célia Leão defende.

9 Ceia: o que servir?

Os pratos tradicionais são embasados com hábitos em hábitos e costumes enraizados. “As pessoas esperam comer um peru e um tender, por exemplo, nessas datas, mas não é errado querer oferecer um prato diferente. Mas atenção: avise os convidados a respeito do que será servido. Isso evitará surpresas”, afirma Fábio.

10 Ceia: e se eu não gostar do cardápio?

 “Se não gostar do que será servido, pode levar o próprio prato, mas ofereça o suficiente para que outros convidados também possam comer”, afirma Fábio Arruda, que completa: “Pode comer à vontade. Não haverá problema se você abusar das calorias nas festas de final de ano. O problema não é exagerar entre o Natal e o Ano Novo; é exagerar entre o Ano Novo e o Natal!”

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s