Morre arquiteta Janete Ferreira aos 76 anos

Arquiteta teve a carreira marcada pela valorização da cultura popular brasileira na decoração.

Por Natália Garcia Atualizado em 20 dez 2016, 22h10 - Publicado em 1 dez 2008, 21h43
Um título para uma foto sem titulo

A arquiteta e decoradora pernambucana Janete Ferreira da Costa, morreu no último sábado, 29 de novembro, aos 76 anos, vítima de um câncer no estômago. Nascida em Garanhuns, a arquiteta teve a carreira marcada pela valorização da cultura popular brasileira na decoração. Em sua trajetória, pode-se destacar a curadoria da Bienal de Artesanato do Recife, realizada em 1986, e a mostra de Arte Popular Brasileira e Arte Popular dos Estados Unidos, realizada em Carreau Du Temple, em Paris, em 2005, o ano do Brasil na França. No ano passado, a arquiteta foi curadora da Mostra da Arte Popular, em São Paulo.

Na edição comemorativa de 30 anos da revista Casa Claudia, Janete Costa foi citada entre os 30 profissionais de destaque que marcaram presença nas páginas da revista. Em 2005, Janete abriu as portas de sua casa para a revista e mostrou sua decoração de natal, feita apenas com artesanato brasileiro.

Janete faleceu no dia 19, às 15h, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) particular montada no Hospital Português, depois de passar 42 dias internada no centro médico da Ilha do Leite, perto de Recife. Janete era casada com o também arquiteto Gil Borsoi, com quem mantinha o escritório Borsoi Arquitetura Ltda.

Continua após a publicidade

Publicidade