Milão 2010: preto e branco continua em alta

As grandes marcas deixaram claro o que a gente, no fundo, já sabe: a dobradinha preto e branco é eterna. Essas cores foram as mais usadas nos pavilhões 8 e 12. Cinza e bege, imagine só, foram o máximo de ousadia. A crise européia parece que foi determinante para a falta de colorido que se viu nos corredores da feira. O medo de não errar fez com empresas reconhecidas pelo uso da cor, como a Kartell, exibissem este ano um ambiente totalmente monocromático. E também descobrimos que nem tudo é luxuoso e elegante em Milão, o brega também tem seu lugar, como mostrou a marca Sicis. Acompanhe a nossa cobertura via Twitter e todas as nossas reportagens no canal Milão.

Por Por Nádia Simonelli e Cristina Bava Atualizado em 19 jan 2017, 13h14 - Publicado em 16 abr 2010, 13h29
Publicidade