Matilha Cultural expõe “Teto e Tinta”, com arte urbana e ação social

A exposição “Teto e Tinta”, que fica até 21 de dezembro na Matilha Cultural, chama a atenção para a realidade das comunidades que vivem sob extrema pobreza

Por Do site Catraca Livre Atualizado em 20 dez 2016, 21h47 - Publicado em 11 dez 2012, 16h11
tit-catraca-livre 2teto_e_tinta_-_apolo_torres

Entre os dias 5 e 21 de dezembro de 2012, a  Matilha Cultural recebe a exposição “Teto e Tinta”, na qual mais de 200 artistas usarão a arte urbana para mostrar como vivem as pessoas que enfrentam uma realidade de extrema pobreza.

Várias miniaturas de casas de madeira serão pintadas por artistas como Mundano, Evol, Whip, Tinho e a nova-iorquina Swoon. Elas representam as moradias construídas pela ONG TETO nas comunidades carentes. As miniaturas serão colocadas à venda. Segundo a ONG, todo o valor arrecadado será revertido para a construção de novas casas.

A intenção da exposição é criar “uma grande reflexão artística sobre a situação da moradia brasileira”, como conta Mundano. Barracos de madeira, madeirite, papelão, telhas quebradas, fios cortados e gambiarras para o acesso à energia, brinquedos velhos e quebrados, sujeira e terra são “inspirações” das obras, que chamam a atenção para a situação das famílias que ganham a atenção da ONG.

A Matilha Cultural fica na Rua Rêgo de Freitas, no Centro. A exposição pode ser conferida de terça a sexta e domingos, das 12h às 22h, e aos sábados das 14h às 20h. A entrada é Catraca Livre.

Assista ao vídeo no Vimeo.

Matéria publicada originalmente no site do Catraca Livre. 

Continua após a publicidade

Publicidade