Luiz Fernando Rocco

Confira o perfil e as obras desse renomado arquiteto

Por Da redação Atualizado em 20 dez 2016, 21h33 - Publicado em 21 set 2007, 16h15

Tem escritório há mais de 20 anos e há seis anos se associou a Fernando Vidal. Formado no Mackenzie em 1980 e influenciado pelo mexicano Luis Barragán, Rocco ficou conhecido por suas obras volumétricas e geralmente sem telhado. “Gosto de aproveitar a cobertura e resgatar o terreno”, conta ele, referindo-se aos preceitos de Le Corbusier.

Da largura nada farta do terreno paulistano – 10 m -, a equipe do escritório Rocco Associados tirou proveito: distribuída em três pavimentos, a moradia de um casal com dois filhos pequenos se transformou em exemplo de arquitetura arrojada. A planta, semelhante a muitas vistas em São Paulo, organiza ambientes de serviço e garagem na frente e área social nos fundos, longe do burburinho da rua. As formas, porém, fogem do convencional, brincando com texturas e intensidades de luz. Ora omitidos, ora revelados, os volumes permitem olhares novos sobre o mesmo branco predominante, conforme começa o dia ou chega o anoitecer. No quintal, o destaque da fachada é o pilar vestido de pedra que emerge do chão e ultrapassa o telhado curvo e metálico. Imponente com seus 9,50 m de altura, o pé-direito triplo liga os andares na área interna sem deixar dúvida quanto ao apelo contemporâneo perseguido pelos autores ao delinear a construção.

Publicidade