Casa Created with Sketch.

Conheça alguns projetos do escritório italiano de arquitetura Studio Archea

Um dos principais estúdios da Europa traz a arquitetura como arte e solução sustentável em exposição no MuBE, que acontece de 06 a 22 de maio.

Em 1988, Marco Casamonti, Laura Andreini e Giovanni Polazzi criaram um estúdio de arquitetura, em Florença, na Itália. Não demorou muito para o Studio Archea se transformar num dos mais importantes da Europa e virar referência em várias partes do mundo. Depois de mais de 20 anos de carreira, o Brasil recebe pela primeira vez os projetos do estúdio na exposição “Archea – Sustainable Landmarks”, que acontece no MuBE (Museu Brasileiro de Escultura), entre 06 e 22 de maio, em São Paulo. O objetivo da mostra é colocar a arquitetura como manifestação artística e solução sustentável para o homem do século XXI. Tudo isso por meio de projetos apresentados com maquetes, fotos, materiais, projeção de curta metragens, músicas compostas exclusivamente para o evento e objetos de design.

Admirador de arquitetos brasileiros como Oscar Niemeyer, João Batista Vilanova Artigas e Roberto Burle Marx, o italiano Marco Casamonti acredita que um projeto sustentável é a “capacidade de entender e compreender a paisagem, a condição natural ou urbana”. Para isso, ele explica que fazer arquitetura sustentável é usar materiais simples provenientes do local em que o projeto será realizado. “O melhor material são as ideias”, declara. Ele acredita que seja necessário utilizar as condições naturais do local em que se pretende desenvolver um projeto, mas “os materiais não configuram a melhor sustentabilidade e sim as ideias”, afirma.

Para a mostra, Casamonti destaca projetos como a vinícola Antinori, em San Casciano in Val di Pesa, na Toscana. “Foi um grande desafio construir uma fábrica em um lugar com a paisagem tão delicada”, comenta. Depois de encerrar o período de construção, os profissionais do estúdio plantaram uvas no teto da vinícola. Marco diz que quando se constrói uma obra, você perde uma parte da terra. “A sua responsabilidade com a natureza é uma atitude ética. Nasce uma nova condição e cabe a você uma grande responsabilidade”, diz.

Além de mostrar os projetos do Archea para o Brasil, Marco Casamonti quer aprender a condição natural e descobrir a identidade de cada lugar no Brasil, “quero aprender a origem!”, completa. E para quem está começando na arquitetura sustentável ele dá a dica: “O primeiro passo é não fazer um projeto se você não estiver na área, crie uma conexão com o lugar em que você vai desenvolvê-lo”. Na galeria abaixo, você confere alguns dos trabalhos expostos no MuBE.

Exposição “Archea – Sustainable Landmarks”

Quando: 06 a 22 de maio, de terça a domingo das 10h às 19h – entrada franca

Onde: MuBE (Museu Brasileiro da Escultura), na Avenida Europa, 218, Jd. Europa – São Paulo – SP.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s