Arquiteto da prefeitura de NY fala sobre os projetos verdes da cidade

Confira a entrevista com o arquiteto John Lee, da prefeitura nova-iorquina, que vem a São Paulo para evento do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável.

Por Redação Atualizado em 19 jan 2017, 13h54 - Publicado em 9 set 2013, 19h06
05-em-nova-york-coletivos-criam-novos-modelos-de-biblioteca prefeito-de-nova-york-fala-sobre-os-projetos-verdes-da-cidade

O que fez de Nova York uma das cidades mais verdes do mundo?

Nós investimos na qualidade de vida melhorando os parques existentes e identificando novas oportunidades em espaços subutilizados, como hortas comunitárias nos bairros com menor área verde. Nos próximos anos, revitalizaremos grandes superfícies, como o futuro Fresh Kills Park, em Staten Island. Com 2,2 mil hectares, esse antigo aterro sanitário, três vezes maior que o Central Park, simbolizará nossa luta contra a negligência ambiental.

 

Continua após a publicidade

Essas estratégias podem se aplicar a outras metrópoles?

Nós poderíamos exportar nossa estratégia de planejamento: políticas baseadas em análises quantitativas, rigorosa prestação de contas, iniciativas e metas claramente definidas. O PlaNYC, que envolve 25 departamentos administrativos, foi criado em 2007 a fim de preparar a cidade para mais 1 milhão de habitantes até 2030, fortalecendo a economia e combatendo as mudanças climáticas. É mais fácil planejar o futuro sabendo onde estamos hoje e onde precisamos estar amanhã.

 

Continua após a publicidade

Que outras ações configuram bons exemplos?

Temos alguns dos melhores edifícios já construídos, com ciclos de vida longos e taxas de demolição muito baixas. Em 2030, 85% dos prédios nova-iorquinos serão os mesmos em uso hoje. Some-se a isso também um programa de descontos de impostos para propriedades que utilizam energia solar ou mantêm telhados verdes.

Continua após a publicidade

Publicidade