Casa Created with Sketch.

Tudo em dobro

Ampliam o espaço, refletem a luz e clareiam ambientes. Há os antiguinhos, charmosos; os modernos, instigantes. Podem ser colados na parede ou ter belas molduras

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

O milagre da multiplicação

Espelhos não proporcionam metros a mais, mas trazem, sim, a sensação de amplitude e, principalmente, conferem elegância. Nesta casa de ares sóbrios e contemporâneos, duas peças dispostas frente a frente são o único (e suficiente) arranjo na sala. Os lustres de papel se multiplicam num interessante efeito no projeto assinado por Fábio Galeazzo. Fotos: Luis Gomes.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Peça única

No apartamento de 67 m2, o espelho de 1,60 m de diâmetro reina absoluto na área que também serve de salade jantar. No dia-a-dia, o aparador de carvalho ebanizado, de 1,30 m x 40 cm, faz companhia ao espelho, formando com ele um conjunto harmonioso. Assim que os amigos chegam, o aparador se desloca (veja abaixo) e vira mesa de jantar. Nem por isso a parede perde a graça no projeto de Ricardo Miura e Carla Yasuda. Foto: André Fortes.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Um sopro de Paris

Pode haver algo mais romântico que um espelho veneziano? A atmosfera suave aparece em cada detalhe do quarto projetado pela decoradora Christina Hamoui, que foi buscar em Paris a inspiração, a pedido da moradora. No lugar da cabeceira, as artistas Regina Furquim e Márcia Pereira aplicaram um estêncil com mica em pó para conferir um efeito perolado ao desenho que cobre a parede do piso ao teto. Foto: Eduardo Pozella.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Resgate de demolições

A moldura deu a um espelho comum ares inusitados – e caiu como uma luva no banheiro da fazenda erguida com materiais de demolição, todos vindos das cercanias de Serra Grande, RS. A própria moradora encontrou este modelo de concreto e não hesitou em arrematá-lo. Feitos os reparos necessários, a peça foi cimentada rente ao espelho preso com parafusos. Para isso, a parede precisou ser recortada no formato certo para o encaixe. Mas que esforço não compensaria? Foto: Luis Gomes.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Laços de família

Uma peça antiga, bem colocada, traz novo viço a qualquer ambiente. O espelho com moldura art nouveau já estava na família da decoradora Adriana Penteado. Para fazer bonito na parede da sala, foi preciso apenas aplicar uma pátina, que ressaltou os entalhes da madeira. O espelho de cristal, que ela calcula ter mais de 100 anos, permanece intacto. Sobre a bancada, é o complemento que dá ao bar a dose certa de estilo. Foto: Eduardo Pozella.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s