Refugiados sírios criam miniaturas de monumentos destruídos pela guerra

Com diversos monumentos históricos destruídos, um grupo de refugiados sírios encontrou uma solução para não perder sua herança cultural: reproduzi-la em miniatura

Por Mari Bruno Atualizado em 14 dez 2016, 12h50 - Publicado em 22 jan 2016, 16h24
Refugiados 01

A arquitetura histórica síria é uma das fatalidades da atual guerra civil que assola o Oriente Médio. “A destruição tem sido especialmente devastadora para os milhões de refugiados que não só enfrentam um futuro incerto, mas que também tiveram sua rica herança cultural violentamente arrancada”, conta Linda Spoon, do Citylab.

Numa tentativa de melhorar a situação e evitar que seus herdeiros cresçam sem conhecer monumentos históricos importantes, um grupo de refugiados sírios resolveu dedicar seu tempo à reconstrução de alguns lugares destruídos, mas do único jeito possível: em miniatura. Produzidos com materiais como pedras, facas e madeira, as peças são elaboradas há um ano no campo de refugiados Za’atari, no Jordânia, conforme aparecem em fotografias, quadros e ilustrações disponíveis.

Refugiados 02

“Para os milhões de refugiados sírios no mundo todo, manter uma ligação com sua terra natal e cultura é importante não apenas para os mais velhos que se lembram dos monumentos, mas para as crianças que estão crescendo nos campos de refugiados. Embora os artistas não possam ter acesso a todos os materiais que gostariam, esses modelos podem ajudar a repassar o conhecimento histórico sobre o seu país para as gerações mais jovens”, observa Danny Lewis, do Smithsonian.com.

Também há um esforço do Institute for Digital Archaeology e do Million Image Project que vai instalar em Londres e em Nova York o arco do Templo de Bel, da Síria, construído 2000 anos atrás e explodido pelo Estado Islâmico. O arco, que sobreviveu, será reproduzido em parceria com a UNESCO por meio de impressão 3D. A notícia é novamente do Citylab.

Refugiados 03 Refugiados 04 Refugiados 05
Continua após a publicidade

Publicidade