Casa Created with Sketch.

Passo a passo para você escolher a cadeira perfeita para a sala de jantar

Encontrou uma mesa linda, que combina com a sua casa, mas ela vem sem cadeiras ou você não gostou do conjunto como um todo? Isso não é um problema!

 (Home Gift Garden/Reprodução)

Se você acha que a mesa de jantar e os assentos precisam combinar, pare tudo o que está fazendo, pois a organização não precisa ser necessariamente assim. Siga apenas uma regra: os bancos precisam se adequar a escala e ao estilo da mesa.

Afinal, isso não é desculpa para você deixar de lado aquela peça perfeita ou optar, obrigatoriamente, pelo conjunto. Você possui muitas formas de encontrar as que criam um visual coeso. Considere os seguintes passos para a escolha ideal:

Comece medindo

 

canto alemão

 (Spacejoy/Unsplash)

As escalas de sua mesa e bancos devem ser compatíveis, prezando um conforto maior. Se você medir e ver a diferença entre a altura da mesa e da cadeira, do topo ao chão, irá encontrar a distância entre as duas peças. Com esses valores, determine o que é apropriado para você e sua família.

Quantos assentos o móvel acomoda e quantas pessoas você pretende receber regularmente também são dados importantes de saber. Além da espessura do tampo da mesa, assim como qualquer suporte que a torne mais alta.

 (Better Homes&Gardens./Reprodução)

Para números ainda mais exatos, leve em conta, aproximadamente, 30 cm de espaço entre o topo da mesa e o assento da cadeira. Acrescente 60 cm para a distância entre os convidados, que inclui a largura da cadeira, e cerca de 15 cm de cada lado para os cotovelos – importante para quem quer assentos com apoio para os braços.

Teste antes de comprar

 

 (Reprodução/Mobly)

Ao encontrar boas distâncias, teste a mesa com bancos diferentes. Mantenha uma pequena fita métrica sempre com você para, quando visitar uma loja de móveis ou encontrar exemplos no dia a dia, você possa anotar as informações coletadas.

Veja também

Atenção aos assentos estofados, pois tendem a se comprimir quando utilizados. Meça do topo do assento estofado até o chão enquanto o produto está vazia e, em seguida, enquanto alguém está sentado. Inclua a diferença entre os dois testes à sua distância ideal.

O ideal é guardá-las sem nenhum problema

 

Você precisa de itens que caibam embaixo da mesa. Em qualquer tipo, os assentos de cada extremidade, ao serem recolhidos, devem deslizar sem bater em nada – incluindo as pernas da mesa, base de um pedestal e as peças ao lado.

Se você usar cadeiras com braços, certifique-se de que elas não encostem na parte inferior da mesa – podendo causar incômodo na hora de comer.

Cuidado com as costas dos itens

 

 (Reprodução/Leroy Merlin)

Certifique-se de que as costas das cadeiras sejam mais altas do que o tampo da mesa. Aceite uma diferença de altura de, no mínimo, cinco centímetros.

Estilo

 

 (Joelix/Reprodução)

O estilo das peças também deve entrar no planejamento, afinal elas precisam ficar bem juntas. Para isso, selecione um elemento, ou mais, em comum entre elas – cor, material, acabamento, formato, pernas, pé, tudo está em jogo. A decoração geral do cômodo também deve ser levada em consideração. O tema escolhido para as peças deve seguir o mesmo da sala.

 (Reprodução/Pinterest)

Para as cadeiras, avalie os tecidos – em caso de crianças pequenas em casa, tecidos de algodão e micro camurça são boas opções. O conforto também é importante, as com apoio de braços, leves e acolchoadas ou estofadas ganham nessa categoria.

*Via The Spruce e Pottery Barn

 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.