Mapa-múndi vira revestimento de parede

Volta ao mundo: continentes e oceanos fazem as vezes de cabeceira neste quarto de adolescente 

Por Reportagem Visual e Texto: Araci Queiroz Foto: Leonardo Costa/MCA Estúdio Atualizado em 20 dez 2016, 21h43 - Publicado em 5 Maio 2009, 11h01
Um título para uma foto sem titulo

Continentes e oceanos fazem as vezes de cabeceira no quarto de um adolescente decorado pelos arquitetos cariocas Bel Lobo e Bob Neri. Ampliado num papel vinílico, o mapa-múndi se estende pela parede de 3,45 x 2,70 m de altura atrás da cama. Importado da Alemanha, o revestimento deve ser fixado por um profissional especializado. O desenho vem recortado em oito partes, que podem ser montadas em três diferentes composições com tamanho máximo de 3,96 x 2,64 m de altura. Lúdico, o revestimento permite escrever com caneta para quadro branco. “Também pode receber ímãs: basta instalar uma chapa de ferro galvanizado sob ele”, ensina a designer Mariana Travassos, assistente da dupla. No teto, uma sequência de quatro lâmpadas dicroicas valoriza o desenho. O revestimento custa R$ 1,4 mil no ateliê Oba!. Dicroicas da Revoluz (Archote). No piso, luminária de Baba Vacaro (Dominici). Roupa de cama da Trousseau. Conheça outros revestimentos inusitados, como resina, madeira, laminado, tinta e papelão, que transformam superfícies comuns em estrelas do ambiente.

Publicidade