Jader Almeida em Milão 2015

Estou sentada na mesa Dinn de Jader Almeida, numa tarde agradável de Milão

Por Márcia Carini Atualizado em 20 dez 2016, 21h12 - Publicado em 14 abr 2015, 20h53

 

Pela segunda vez, o designer Jader Almeida expõe em Milão. Neste ano foram 80 peças. Entre elas, a mesa Dinn de onde escrevo agora essa matéria. Observo as pessoas caminhando pelos espaços – gringos atraídos pelo charme da via onde ele ficou. Observam as peças, querem saber quem é o designer. E ele – Jader – que ao canto torce a ponta do bigode ruivo, espera, depois se apresenta. E ouve os comentários. Aviso aos que virão: não lhe diga que suas peças remetem a um design italiano ou nórdico. Não será um elogio. Jader é 100% nacional, com todas as misturas que isso representa. É o designer que conhece cada detalhe do processo de produção de uma peça e, por isso cria cadeiras e mesas e luminárias tão delicadas e fortes ao mesmo tempo. Uma exposição de fotos na entrada mostra esse processo de produção a quem ainda não entende a insustentável leveza de Jader. Bravo, Jader! E tem uma coisa importante que deve ser dita. Achamos que ele está menos tímido a cada ano (assista ao vídeo de 2014 abaixo). Bravíssimo!

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade