Compare & Escolha: seis modelos de aspirador de pó

Entre os aparelhos atuais, há os que dispensam sacos descartáveis, os que prometem deixar os ambientes livres de ácaros e, ainda, aqueles que também aspiram líquidos. Ao escolher, analise suas reais necessidades e o custo-benefício de cada equipamento, considerando as funções oferecidas, a capacidade de armazenamento, o peso, o tamanho, os acessórios inclusos e a potência.

Por Texto Valentine del Monaco Atualizado em 20 dez 2016, 18h33 - Publicado em 30 Maio 2011, 19h55

Fique de olho nos recursos mais modernos:

– Os equipamentos tradicionais armazenam a poeira em sacos coletores descartáveis, que devem ser substituídos quando atingem sua capacidade máxima (medida em litros). A novidade são os produtos bagless, que depositam a sujeira diretamente em um recipiente acoplado ao aparelho. Além de eliminar o gasto com a reposição dos sacos, essa tecnologia é considerada ecologicamente correta, pois gera menos lixo.

– Os modelos batizados de flex ou wet & dry também são capazes de aspirar líquidos.

– Se quiser praticidade na hora de guardar seu eletrodoméstico, opte por uma versão dotada de enrolador automático do cabo elétrico.

– Todos os aspiradores possuem sistema de filtragem para evitar que a poeira retorne ao ambiente ou se espalhe dentro do aparelho durante a limpeza. O mais eficaz é chamado filtro Hepa (sigla para o código em inglês High Efficiency Particulate Air), que elimina 99% dos microorganismos, incluindo ácaros. “Por causa da retenção dessas partículas, seu uso diminui a incidência de doenças respiratórias e alergias”, diz Joaquim Alfani, gerente de produto da Arno.

*Preços pesquisados em 12 de abril de 2011, sujeitos a alteração.

Continua após a publicidade
Publicidade