As 6 piores coisas que você pode fazer com seu sofá

Evite fazer qualquer item desta lista e prolongue a vida útil do seu móvel:

Por Redação Atualizado em 25 out 2021, 17h44 - Publicado em 25 out 2021, 13h00

Quando estamos falando de sofás, pode-se considerar a regra de que uma peça de preço baixo a médio deve durar cerca de 10 anos, enquanto os sofás de preço mais alto devem durar 25 anos ou mais. Contudo, infelizmente, a maioria das pessoas não cuida adequadamente de seus sofás e, como resultado, até peças de alta qualidade podem envelhecer antes do tempo.

Inside Weather/Unsplash

E sabemos que você, leitor do Casa.com.br, não quer estragar o seu sofá, não é? Então é hora de passar a prestar atenção em maus hábitos e evitar fazer estas 6 coisas:

1. Sentar-se sempre no mesmo lugar

 

Michael Oxendine/Pexels

Somos criaturas de hábitos e, quando se trata de relaxar, muitas vezes (e sem pensar!) vamos diretamente para o nosso lugar favorito no sofá. Mas ficar sentado no mesmo lugar várias vezes pode causar muitos danos ao móvel, como comprimir as fibras e desgastar as molas debaixo.

Então, se é o caso de preservar melhor o seu móvel, procure sentar-se em partes diferentes. Distribuir o peso uniformemente ao longo do tempo ajudará qualquer pessoa a evitar uma deterioração muito rápida.

2. Nunca virar as almofadas

 

Leticia Almeida/the spruce

Se você deseja obter a longevidade máxima de um sofá, é importante virar as almofadas regularmente. Vire-as de vez em quando e (se aplicável) troque-as para locais diferentes. Girar e virar as almofadas permitirá que elas mantenham a sua forma e ajudará a evitar a flacidez.

3. Dormir nele

 

Meruyert Gonullu/Pexels

Os sofás foram feitos para sentar, não para dormir. Embora seja tentador dormir ali – e às vezes é difícil evitar cochilar, a gente entende –, o seu sofá não foi projetado para isso.

Veja também

Eventualmente, a estrutura e as almofadas vão ceder e se deteriorar devido ao uso prolongado. Portanto, embora seja bom tirar uma soneca de vez em quando, se você estiver se acomodando por 8 horas inteiras, faça um favor a si mesmo e vá para o quarto ou invista em um sofá-cama de alta qualidade.

Continua após a publicidade

4. Não limpar nunca

 

Matilda Wormwood/Pexels

Se você for como a maioria dos moradores, seu sofá provavelmente abrigará muitas atividades e, como resultado, poderá ficar muito sujo. Mesmo que ele não pareça sujo, provavelmente está coberto de partículas de poeira, células da pele descamadas, pedaços de comida e sabe-se lá o que mais. Eca!

Não importa o quão limpo você esteja, seu sofá ficará sujo. Portanto, limpe-o regularmente para prolongar a sua vida útil.

5. Posicionar em um local muito ensolarado

 

Kyoshi Reyes/Unsplash

A luz solar pode descolorir certos tecidos e, em outros casos, fazer com que desbotem e se deteriorem com o tempo. Por isso, é importante não deixar o sofá em um local ensolarado.

Se a parte de trás da peça ficar exposta à luz do sol o tempo todo, ela acabará desbotando para uma cor mais clara que a frente e vice-versa. Ou, se metade estiver ao sol, ela ficará com uma cor mais clara do que a outra metade.

Ainda: se você mantiver uma almofada no mesmo local, notará uma diferença significativa na cor ao removê-la. Mantenha seu sofá longe do sol ou, ao menos, gire-o regularmente para mantê-lo com aparência de novo.

6. Deixar que as manchas se estabeleçam

 

Leticia Almeida/the spruce

Tudo bem, é comum não resistir à vontade de fazer um lanche frente à TV, sentado no sofá. Mas, se você derramar algo, é importante limpá-lo imediatamente. Permitir que as manchas se fixem no tecido significa que elas podem se tornar eventualmente impossíveis de limpar.

Vai variar sempre dependendo do tecido e do material que o sujou, mas, se você não cuidar disso logo de cara, corre o risco de estragar o móvel para sempre.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade