Final feliz

Apesar de radicada em São Paulo há mais de 15 anos, a artista gráfica recifense Joana Lira não esquece as raízes. Pelo contrário: sua obra é repleta de referências à cultura pernambucana. O papel de parede Mandacaru, por exemplo, retrata o cacto que simboliza a persistência do sertanejo em meio à seca – e cuja flor mostra como a beleza pode surgir até em ambientes inóspitos.

Por Fotos Luis Gomes Atualizado em 9 set 2021, 23h55 - Publicado em 30 dez 2016, 15h59

Publicidade