Escritório e ateliê dividem 10,50 m²

O equilíbrio dos 10,50 m² se dá pelo canto particular organizado de cada morador, demarcado pelos móveis

Por Texto Daniella Grinbergas | Reportagem Visual Fernanda De Castro Lima | Fotos Luis Gomes | Ilustração Alice Campoy Atualizado em 9 set 2021, 19h32 - Publicado em 5 jan 2018, 16h10

Ele é advogado. Ela, especializada em cartonagem, técnica de criação de produtos com papelão. Imaginada por MINHACASA, essa dupla trabalha no próprio lar. Mas o que fazer quando o home office pede áreas específicas para contemplar profissões tão diferentes? A resposta vem no projeto feito em dobradinha com os arquitetos Carla Prado Dadazio e Ruan Lacerda, de Valinhos, SP. Eles tiraram o melhor partido da situação, inserindo tudo o que ambos precisam sem que um invada o território do outro. Ordem e conforto foram determinantes. A artesã possui uma mesa alta e lugar de sobra para guardar seus materiais. “Como a atividade exige mobilidade, ela dispõe da porção maior”, diz Carla. Ao marido foi reservado um canto sossegado, que agrupa escrivaninha, gaveteiro e espaço para os livros.

Publicidade