Com a personalidade da dona do pedaço

A parede marcante é a grande responsável pelo visual descolado do quarto da blogueira e estudante de cinema Mariana Sampaio

Por Minha Casa Digital Atualizado em 10 set 2021, 00h22 - Publicado em 21 set 2016, 13h45

Há três anos, saí da cidade de Cruzeiro, no interior de São Paulo, para morar na capital com a família neste apartamento, onde hoje vivo sozinha. Como a minha mãe, Daniela Sampaio Ribeiro, é designer de interiores e conhece bem o meu gosto, pedi a ajuda dela para planejar a decoração e deixar o quarto com a minha cara. O destaque fica por conta do papel de parede estampado – ele imprime uma atmosfera ao mesmo tempo alegre e acolhedora. Apesar de ter somente 8 m², o espaço ficou perfeito e prático para tudo do que preciso: é aqui que trabalho no computador, leio, assisto à TV, me arrumo com as amigas para as festas, descanso e recarrego as energias.”

Marcenaria e espelhos: os melhores amigos dos espaços pequenos

❚ A fórmula é infalível: ambientes de base neutra são valorizados com boas pitadas de cor. Neste projeto, a mãe de Mariana apostou todas as fichas na marcenaria de MDF revestido de laminado branquinho básico, deixando a filha livre para ousar no acabamento da parede. Foi paixão à primeira vista: “Eu me encantei pelo papel com fundo pink e mandalas. Acho lindo o formato desse símbolo místico, que transmite energias positivas”, justifica Mari. 

❚ A escolha dos móveis brancos também se deu em função da necessidade de conquistar um visual mais amplo. Seguindo a mesma proposta, os armários têm portas de correr espelhadas. Claro que a blogueira adorou: é ali que ela confere o look do dia para postar dicas de moda em seu site (www.marianasampaio.com.br). 

❚ Abrir mão do conforto? Nem pensar! Mariana queria ter uma cama box no padrão casal, e a mãe bolou um jeito de atender o desejo, apesar das medidas enxutas do quarto. A fim de tirar o melhor partido da planta de 2,70 x 3 m, a saída foi encostar o leito na parede. E, como um criado-mudo tomaria parte da área de circulação, a designer encomendou ao marceneiro uma peça que resolve o problema: um estreito módulo horizontal (1,88 x 0,15 x 0,90 m*) no comprimento da cama. 

❚ Organização é prioridade para a moça, que tem uma rotina agitada. As primeiras gavetas do móvel sob a bancada são reservadas às bijuterias e maquiagens. Perfumes e outros produtinhos de beleza ficam nas prateleiras fixadas no painel de 1,60 x 0,05 x 2,43 m, que também apoia a TV. 

❚ Tapete e cortina não têm vez por aqui. A decisão evita as crises alérgicas de Mariana e facilita a limpeza – o piso laminado pede apenas pano úmido com detergente neutro

Continua após a publicidade

Publicidade